Acho que sou lésbica e amo minha irmã mais velha

Sou menina, tenho 17 anos, e minha irmã é dois anos mais velha. Quando éramos crianças, ela sempre foi super carinhosa comigo, era gentil, doce… Me pegava no colo, dava beijinhos em todos os meus machucados e sempre se oferecia pra dar banho em mim quando minha mãe não estava e eu aceitava quase todas as vezes. Até aí tudo bem, são coisas de irmãs e é super normal as duas se ajudarem. Além disso, ela é super bonita e simpática (desde pequena) e já teve alguns namorados mas atualmente está ‘solteira’ e disse querer permanecer assim… Já eu, sou a mais nova, sou completamente o oposto dela… Não que eu não seja bonita, até me considero uma pessoa vaidosa, mas ela é um exemplo de garota perfeita. Acontece que acho que sou lésbica pois já tive atração por meninas, porém ninguém sabia disso até então… Um dia, eu e minha irmã tivemos que dormir no mesmo quarto porque o dela estava em reforma (isso não é um conto) e ela perguntou se podia dormir comigo, eu aceitei logicamente, não queria deixa-la dormir no colchão deitado no chão e além do mais ela é minha família. Assim que fomos dormir, percebi que algo estava me cutucando e tentei me virar para ver o que era, mas sem acorda-la. Acabei percebendo que era seu braço e ela estava me abraçando por detrás e ficamos muito, muito próximas. Minutos depois ela me deu um beijo no pescoço. Na hora eu fiquei um pouco chocada e tensa, não falei nada e voltei a dormir. No dia seguinte eu notei que estava diferente com ela, não sei dizer, mas passei a olha-la de um jeito diferente. E pareceu que ela também estava me notando muito. Quando fomos cozinhar juntas (nossos pais chegam tarde do serviço) minha irmã me pediu para pegar o arroz e quando voltei, ela me deu um selinho nos lábios e disse obrigada. Por um momento fiquei atordoada, morrendo de vergonha, porque ela sempre me deu beijos na bochecha e só. Uma hora depois meus pais chegaram, nós jantamos e assistimos um pouco, depois fomos dormir e de repente ela me chamou para ir ver uma coisa no banheiro. Quando fui, ela me mandou olhar no espelho e eu fiquei confusa porque não estava entendendo aquilo tudo, não tinha nada no banheiro, só nós duas, então quando menos esperei ela me abraçou novamente e começou a rir. Eu já estava estressada e perguntei, “O que você quer Giovana?” e então foi aí que ela virou meu rosto e deu um beijo em meus lábios. Na hora meu corpo começou a tremer, eu não sabia se parava e empurrava, mas sinceramente eu gostei daquele beijo, e foi o meu primeiro de verdade… Quando paramos eu estava sem reação, mas dentro de mim brotava uma felicidade imensa. Minha irmã sorriu e como dormíamos juntas ainda por causa da reforma, acabou que fomos até meu quarto e ela começou a tirar meu pijama e me deitou na cama… E posso dizer que aquilo que fizemos, não foi apenas sexo, mas foi amor… Só que depois disso eu me senti muito ruim, estava confusa, com nojo de mim mesma, por mais que eu tenha gostado. Nunca pensei algo assim de minha própria irmã. E após essa noite, ela ficou muito mais carinhosa comigo, passamos a sair juntas e eu me divirto muito quando estou junto de sua companhia. Ela não é uma garota tarada, conversamos de vários assuntos, estamos pensando até em viajar. Ela me trata melhor do que qualquer um, e acredito que até me faça mais mulher… Nossos pais não sabem e nem desconfiam disso, estou com muito medo que descubram, todos só nos veem como simples irmãs e não imaginam o quanto somos próximas. Ontem minha irmã finalmente disse que queria algo mais sério comigo e por mais que eu fosse sua família, ela sempre me amou mais do que apenas isso. Ela já me chamou de namorada e disse que gostaria de ser minha companheira, que já desconfiava da minha atração por meninas, mas que tem muito medo de nossos pais e da sociedade nos julgar mal…. E eu também tenho esse medo, por isso nosso romance é escondido… Fico triste por isso. E por mais que algumas pessoas possam achar errado, até um momento da minha vida também pensei nisso, porém agora tudo parece diferente e percebo que a única garota com quem quero estar é minha irmã… Me perdoe sociedade, me perdoe Deus, mas eu amo minha irmã!

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

12 Comentários

  • Ownt ♡
    Nunca pensei que um conto de incesto lésbico fosse me deixar sensível, linda a histórinha de vcs duas.

  • Complicado mesmo, mas ainda bem que é amor que vcs sentem uma pela outra.

  • Bom, colega, eu e minha irmã somos lésbicas, mas nunca passou pela nossa cabeça (pelo menos não pela minha) ter alguma coisa com ela, vejo ela como amiga e só. Enfim, o fato de vc e ela gostarem de mulher não é problema, o problema é esse relacionamento amoroso que vc tem com ela, pois quando o amor esfriar ou acabar vai ficar muito complicado lidar com isso, pois ela é sua irmã, sempre estara ao seu lado, e aí, o que vc fará? Pense bem.

  • muito complicado né, talvez ambas tenha alguma fantasia de se envolver com outra mulher e acabaram que se envolvendo, por serem proximas, do meu ponto de vista acho que isso nao vai da certo nao, pare para analisar voces sao irmãs nao tem cabimento isso, existe tantas outras mulheres no mundo né, vai ter um relacionamento com a propria irmã , nada mais obvil que sua familia vai sofrer se alguem descobrir isso,

  • Delicada a sua situação. Não sei o que levou vocês a esse ponto, e de onde surgiu esse amor… Se eu fosse vocês procurava um terapeuta, que com certeza vai ajudar a você e a sua irmã melhor que qualquer pessoa aqui, por mais bem intencionada que esteja.
    No meu ponto de vista, vocês deveriam se afastar. Essa relação só trará dor e sofrimento para todos. Caso decida seguir em frente aconselho que mantenha sigilo e vá morar noutra cidade com sua irmã. Assim poderiam viver como amantes, com mais segurança, e sendo uma cidade nova ninguém ia precisar saber que são irmãs.

  • Se é conto ou não, mas adorei a história. Saúdo vocês duas. Bom sexo pra vocês.

  • Se você avançar nessa sua sexualidade deturpada (MxM + incesto) certamente trará traumas futuros, guarde seus desejos p/ um namorado, alguém com quem você de fato poderá suprir a carne mesmo que, de certa forma, pecando.

  • Gabriela, primeiramente, Deus te ama do jeito q vc é, e com todos os seus defeitos e pecados, na verdade foi por este motivo que Ele se entregou na cruz, foi para nos salvar, nos tirar das mãos do demônio, isto aos olhos de Deus é completamente errado, vc é uma menina jovem, tem um futuro lindo pela frente, converse com sua irmã, não é necessário vcs se afastarem, mas não tenha essa ‘intimidade” toda, vcs podem continuar a serem amigas, conversarem de todos os assuntos que já conversam, mas ter prazer com a própria irmã e ainda por cima do mesmo sexo, não é certo, ok? Se vc seguir alguma religião cristã procure uma pessoa de frente que possa te ajudar a renunciar isto em oração, se for católica melhor ainda, procure um sacerdote para se confessar e coloque sempre em suas orações essa sua situação, peça a Santíssima Virgem Maria para te ajudar a sair dessa situação. Essa nossa vida é passageira, temos que conquistar a Glória da vida Eterna junto a Deus, mas pra isso precisamos renunciar muita coisa que o mundo nos oferece e mortificar vários prazeres que a carne deseja.. te desejo tudo de bom, vou colocar vc em minhas orações para que vc consiga superar isto..
    Deus te abençoe!

  • Meu Deus difícil até de comentar , eu sinceramente nunca vi uma situação destas!

  • sentimentos são coisas complicadas, e relações assim são bem difíceis de durar, pois haverá problemas em todos os setores, família , amigos ( no futuro pensam em ter filhos? como sera pra criança ter duas mais, e ainda por cima irmas), pra dar certo e enfrentar de frente os problemas que viram, vocês precisaram ter uma base bem solida, e com 17 e 19 anos, acham que estão prontas pra isso ?

  • Me ajude, eu e meu irmao mais novo cometemos incesto ate meus 19 anos, nao sei porque nao parava, sei que era errado mais sempre faziamos. Sou homem ja pedi perdao pro meu irmao mais nao me perdoo. Sempre que um gozava ia embora e o outro ficava bravo, nao sei porque faziamos isso, sempre prometiamos que iria parar mais nao paravamos, depois que batizei fizemos uma vez, ai que minha consciencia pesou mesmo e paramos de vez, me ajudem pf, me sinto um lixo, nao gosto de homens sempre faziamos vendo filme porno hetero, vivemos sempre muito sozinho, tenho pena do meu irmao por ser 2 anos mais novo que eu e faziamos isso, sou um monstro um lixo, me perdoe Deus, me ajudem pf!