Tô prestes a virar agnóstico

Amigos, sou cristão adventista desde os 4 anos de idade (hoje tenho 16), mas eu sempre senti um vazio dentro de mim, eu meio que escutava e aprendia os ensinamentos mas meio que ignorava. Eu também achava, quando criança, que só existiam cristãos no mundo, haha, olha a minha mente. E minha mãe sempre me dava aqueles conselhos sobre escolher as amizades cristãs e coisas do tipo. Eu nunca fui muito envolvido. Eu achava muito estranho o fato de que nós adventistas, afirmávamos que nós somos o povo de Deus, a igreja verdadeira, que as outras são artimanhas de satanás pra desviar as pessoas do céu, sendo que há tantas e tantas religiões no mundo, isso sem contar as denominações cristãs, então como poderíamos dizer que “somos a igreja verdadeira”.

Certo dia fiquei sabendo que havia um ateu na escola, e como achava isso muito estranho, pois nunca tinha tido contato com um antes, aceitar o fato de que havia um ateu, alguém que não acreditava em Deus, estudando na mesma escola que eu, fez eu ficar na defensiva psicologicamente, e eu passava a observá-lo. No facebook, viramos amigos e eu fiquei olhando umas páginas que ele curtia, as que eram sobre o ateísmo me chamaram a atenção e eu fui ver o conteúdo, e lá tinham muitas tirinhas, mostrando como o homem é egoísta por achar que Deus fica direto o observando, cuidando e várias e várias outras, algumas eu achava até imbecis de mais, só que isso abriu a minha mente e eu passei a pensar de forma diferente, de forma mais ampla. Eu não conseguia mais aceitar que em mais de 7 bilhões de pessoas no planeta, nós adventistas éramos os únicos corretos, não conseguia mais aceitar que Deus influencia nos nossos caminhos, tipo: Se eu pedir muito, com fé, uma coisa pra Deus, ele vai me dar; porque ele já me deu a condição de existir e poder lutar pra conseguir o que eu quiser, então porque pedir? Entendem? Sei lá, eu ainda tô com a mente muito confusa, não consigo mais acreditar em tudo o que eu acreditava antes e agora acredito em algumas coisas novas, mas mesmo assim eu não me tornei ateu, e nem pretendo, mas também não consigo acreditar em tudo que acreditava. E quando descobri o termo agnosticismo, fui pesquisar e encontrei exatamente o que eu queria, algo que pudesse fazer com que o ateísmo e a religião coexistissem.

Mas o problema maior é minha mãe que é muito religiosa, ela não aceitaria que eu saísse da igreja, mesmo que eu explicasse tudo isso pra ela. Eu sei que ela iria chorar muito, ia ficar sem razão pra existir pois nós nos amamos muito e somos só nós dois aqui em casa e eu sou muito respeitado na igreja, todos acham que eu sou o adolescente mais cristão que há lá, que eu sou super envolvido, que eu tenho Deus plenamente em mim, mas a verdade que ninguém sabe é que eu sou o que mais duvida, o que mais não acredita, enfim. Meus planos são chegar na faculdade com um curso na área da engenharia (mecânica talvez) e depois me mudar para o Canadá. Lá eu poderei começar uma vida nova da maneira que acho que devo seguir. Espero que me compreendam e me ajudem, pois eu não consigo ser eu mesmo quando estou na igreja ou quando vou tratar de algum assunto que envolva minha denominação, sempre falo algo que vai confortar a pessoa, mas nunca o que eu realmente penso…

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Seje um ateu.
    Seje um religioso .
    Tua decisao nao vai mudar nada na vida de quem lhe proporcionou a crer na existencia ou na inexistencia de Deus!
    Deus é tao bom e maravilhoso que mesmo os que nao acreditam nele ,vive como nós da mesma forma!
    Preocupe com o choro de sua mae nao!
    Sou catolico,mas lhe garanto que onde sua mae frequenta,nao ha lugar melhor!
    Mae nao chora e lamenta pela decisao certa do filho nao!É pela coisa errada mesmo! Ela nao quer ver o filho em uma estrada onde o destino nao é com pessoas que vao encontro a Deus e sim ao encontro do nada! Bote fé!
    Tenha uma semana abençoada!

  • Faça como eu, conte para sua mãe. Eu era evangélico, fui criado na igreja desde que nasci. E, por volta de dois anos atrás comecei a acompanhar páginas teístas, e comecei a pensar. Será que realmente existe um cara que escreveu um livro com dez coisas que ele quer que eu não faça, e caso eu faça vou pro inferno queimar por toda a eternidade só por ter desobedecido uma das tais regras do “mestre”? Será??? (sou agnóstico)

  • Moço! Sai dessa seita protestante.. O que vc precisa é de cura interior. Vai pra Igreja que Deus deixou pra nós! A CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA!

  • Meu amigo tambem sou Adventista , minha mae jah eh da igreja ha 16 anos e eu me batizei ha 6 anos. Cristo deve ser a nossa religiao. Converse com o Pastor de sua igreja sobre suas dúvidas e falta de fé.
    A igreja adventista eh uma boa igreja, porém carece de algo essencial confiar na graca salvadora de Jesusne esquecer este negócio de ser a unca religião correta.
    Nao fique na igreja somwnte pra agradar a sua mãe, se possível converse com ela sobre suas dúvidas… Abraço