Conheci o sexo de uma maneira errada e estou sendo punido

Sou homem, tenho 25 anos, e desde pequeno fui criado num lar cristão, tive bons exemplos de meus pais que me instruíram corretamente conforme a palavra de Deus, porém eu reneguei tudo isso quando pratiquei  muitos pecados nesse tempo (2 anos): as mentiras e o sexo antes do casamento. Eu a conheci pela internet (ela é 10 anos mais velha que eu), na época eu era virgem (porém já me masturbava bastante) e ela aceitava fazer sexo comigo a qualquer hora, de todas as formas, tinha um kitnet que estava sempre de portas abertas pra eu ir lá, e sabia cozinhar muito, somando tudo isso eu não conseguia pensar em outra coisa que não fosse o sexo com essa mulher, como também as comidas deliciosas que ela fazia. Mesmo com fortes problemas na personalidade dela, eu passei por cima da minha família porque eu já previa que eles não aceitariam que me relacionasse com ela e, muito menos fizesse o sexo antes do casamento, eu sempre dizia as mesmas mentiras pra eles: que ia dormir na casa de amigos, ia participar de torneios esportivos em outra cidade, eu nunca assumi pra minha família que estava com ela.

Quanto a personalidade dessa mulher ela era muito possessiva, gostava de brigar por qualquer motivo, tem uma artimanha que funciona assim: ela faz uma afirmação (mesmo que não seja o que ela sente) com o objetivo de saber o que penso e a partir dai começar brigas ou ameaças, faz escândalos publicamente, se orgulha porque gostava de brigar no meio da rua com vizinhos, no Facebook eu tive que dar a minha senha pra ela monitorar, ela (e amigas) criam falsos perfis no Facebook para conversar com outros homens e disse que se casássemos um dia, ela não teria mais filhos (essa filha atualmente é casada, e tem uma neta), isso é totalmente o contrário do que penso. Por outro lado ela se dizia vítima de seu ex marido (hoje falecido por pneumonia), que foi forçada a casar com ele cedo porque ele a engravidou, de sua família que não lhe dava atenção e de sua filha que apesar de ter tudo que ela quer, não lhe obedecia. Durante esse tempo ela sempre me disse que era capaz de tudo pra me ter com ela, disse que “caso a gente se separasse um dia eu não teria paz”; “prefere que eu morra do que eu ter outro relacionamento”; “caso não fique com ela não ficaria com mais ninguém”; “mesmo separados ela iria me perseguir aonde fosse”; “eu me mato se nos separarmos” mas estava tão obcecado pelo sexo à vontade com ela que não dei muita atenção para isso na época.

No ano de 2015 eu passei então a abrir os olhos e desviar o objetivo da minha vida, em vez de ser o sexo, passou a ser os estudos com meu grande objetivo de ir as forças armadas, consequentemente nossos encontros que eram de 2 a 4 vezes por mês (2 primeiros anos), passaram a ser de aproximadamente 8 vezes (nesse ultimo ano), inconscientemente eu fiz com que ela esfriasse também, fui aprovado em um concurso onde prestei todas as etapas (exame intelectual, saúde e físico) mas no final não fui convocado e depois fiquei bastante triste porque esse sonho que tinha não poderá mais ser realizado e não entendia porque não havia sido aprovado, durante todo esse tempo ela não me apoiou, dizendo que achou bom que não tinha passado porque ai poderia estar com ela, porém depois continuei e continuo a estudar para concursos públicos.

Do início desse ano até os dias de hoje sempre venho evitando ela de todas as formas, ainda pra ver se ela acabava comigo tomei mais medidas como parar de me comunicar com ela pelo Facebook (desativei-o) troquei números secundários de celular e deixei somente um de telefone para conversarmos e o fazemos pouquíssimas vezes, e também estou morando em outro Estado bem distante do dela. Bem, funcionou por um tempo, ela falou em acabar o relacionamento comigo algumas vezes, eu disse “tudo bem, vamos acabar” porém ela faz ameaças e sempre pede pra conversar depois, atualmente ela diz que é capaz de tudo, que está decidida a me reencontrar, desde o mês de julho venho tentando acabar o relacionamento com ela, porém ela diz que viria até onde estou morando, e que “faria um escândalo perante a minha família para me desmoralizar”, que iria “me perseguir seja aonde for”, ontem eu tentei acabar com ela novamente porém ela disse várias coisas como “perseguir a mim e a minha família”; “cometer suicídio”; “implorar pra eu não acabar”; “vim atrás de mim em qualquer lugar”; e também pela personalidade dela não duvido que pra se vingar de mim ela persiga todos da minha casa, mas a sorte é que ela não sabe onde moro, e muito menos quem é minha família.

Desde o mês de Junho venho refletindo sobre as minhas atitudes de cometer o erro do sexo e das mentiras para encobrir o relacionamento com essa mulher e por consequência o sexo durante todos esses anos e quero consertar tudo isso, sinto uma culpa enorme, sinto vergonha, sinto repúdio e me arrependo por tudo o que fiz durante esse tempo, parei com masturbação e pornografia na internet a meses e não sinto mais vontade de fazer isso, prometi a Deus que sexo agora só se eu me casar um dia e quero revelar isso a minha família, porém existem uns problemas na minha casa: meu pai é idoso e não pode ter emoções fortes pelo coração (adquiriu isso com preocupações de contas a pagar e problemas com minha mãe) e minha mãe tem problemas com depressão desde 2013, mas mesmo assim penso em revelar a meu pai, não tenho muita intimidade com ele, mas com meu irmão sim, então eu falaria com ele primeiro e depois com o meu pai. Mas também me vem na cabeça o principal problema depois que seria ela com suas perseguições e ameaças, (eu até sugeri que nos falemos todos por telefone ao mesmo tempo e ela fale tudo, para que assim ela não possa vir atrás de ninguém, mas que ela possa realizar um desejo dela de falar com eles, mas ela só aceitaria isso pessoalmente, mas aí sei que se isso acontecesse, pela personalidade que ela tem, após o término ela seria capaz de fazer algo ruim aos meus familiares) e para me livrar de vez dela que, eu penso em ir morar sozinho por uns meses em outro estado ou até em ir morar em outro país  e assim ela não teria como vir atrás de mim e poderia acabar tudo, sem consequências de perseguição dela e toda a verdade já estaria revelada.

Eu estou arrependido por tudo o que fiz, gostaria de voltar no tempo e nunca ter conhecido esta mulher, hoje quero acabar com ela porém sinto o medo de suas perseguições e ameaças, que poderiam ser verbalmente ou principalmente atentar contra a vida de alguém da minha família, mas tudo isso é culpa minha, não era pra eu deixar ser envolvido por essa mulher, não era pra ter mentido para família e amigos, e consequentemente me destruí, hoje em dia não sei como proceder, mas gostaria do perdão de Deus, da minha família e amigos e ajeitar tudo isso.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

7 Comentários

  • Você não é mais uma criança. Com certeza tem mais de 18 anos. Se quer fazer voto de castidade ok. Se não quiser fazer também ok. Ninguém te condena. Deus deu o livre árbitro, use o seu. Não queira seguir algo porque seus pais seguem ou porque te dizem que é o certo. Siga porque quer, porque acha que é o certo ou acha que é o melhor pra você. Você errou em se entregar tanto pra alguém que você não conhecia de verdade, mas pode consertar tendo um pulso mais firme. Postura de um homem crescido. Grava tudo que ela falar, salva as conversas, e-mails, áudios. E se uma conversa direta não resolver, se ela não aceitar o término, você leva as provas para a polícia e fala que está sendo ameaçado.

  • Grava uma conversa sua e dela e denuncia ela pra polícia cara..

  • Tenho certeza que se vc sumir do mapa, ela nao irá atrás de vc, ela é a tipica pessoa manipuladora, o unico poder que ela tem é o que vc permite. Ficou bem claro que ela é uma pessoa descontrolada e mesmo que ela tentasse seguir a diante com as ameaças, ninguem daria atenção à ela.
    Eu deletaria minhas contas da internet, trocava de telefone e sumia, vc tem sorte de morar em outro estado e aproveita agora que ela nao sabe quase nada sobre onde vc mora e sua família. Vc tem que se aproximar de quem te faz bem, te apoia, tras algo de positivo na sua vida, isso aí já deu pra ver que não tem como acabar bem, não vai adiantar vc tentar conversar com ela, simplesmente desapareça.

    Sobre suas atitudes, vc é jovem, independente de suas crenças, é natural ter impulsos sexuais e vc suprir isso, não se sinta culpado, isso não é um crime, tb não há do que se envergonhar, não incomode seu pai com isso. Se vc acredita em Deus e pretende seguir esse caminho, vá, se confesse, siga nesse caminho, se aproxime de pessoas com o mesmo ideal, conheça uma moça que partilhe dos mesmos sentimentos e seja feliz. Nao perca tempo chorando o leite derramado, errou, tome de lição e siga adiante.

  • Normal cara, também fui iniciado quando novinho por uma loba, o sexo era tão bom que confundi com amor, mas foi experiência que me tornou um homem e um bom amante até hoje. Você é um cara de sorte, só não pelo fato dela ser perseguidora, foge que mulher assim é capaz de tudo.

  • O importante é ter se arrependido…Deus é bom…qto a ter medo dessa moça, acredito q ela não faria mal a sua família…nao existindo mais interesse de uma das partes, o relacionamento perde o sentido, perde a magia…que Deus o abençoe e guie sua vida.

  • Não sei sua religião, mas Deus fez a cabeça em cima do coração para o sentimento não ultrapassar a razão, qualquer emoção forte nos atrai mas as consequencias são drasticas. A sobriedade pode parecer chata se não buscamos o Espírito Santo pela busca de Deus (mas acontecendo isto vemos como Ele é o Maravilhoso e fazemos ‘violência’ para provarmos cada vez mais de Suas maravilhas, como diz o Salmo – provai e vede como Deus é bom). Fomos feitos para Ele e nosso coração só repousa descansado nEle (o meu Amado é meu e eu sou do meu Amado – cântico dos cânticos). Caso tenha percebido, você buscou realização no mundo e não é Deus q ‘mela nosso pique’ e nos mostra como o mundo não vale à pena. É o próprio mundo mesmo. Já sua namorada (ou o que ela for) está claramente nas mãos de demônios (ainda q você ria por eu falar isto), dominada por energias baixas, não casando com um homem da idade dela mas buscando uma ‘carne’ mais jovem para ‘sugar’ as energias de uma juventude q ela perdeu e vivendo de necessidade sexual, chantagem emocional e paranóia. Ela precisa de jejum e oração. Você precisa se livrar disto e ter alguém com saúde mental mas primeiro tem que limpar seu coração se arrependendo para poder seguir em frente pois a vida pregará muitas peças como esta e só quem sofre as consequencias somos nós se não aprendemos com as vivências. Tenta desaparecer mesmo. E não se envolva com ninguém por um tempo.

  • Qrido Deus já te perdoou pq conhece seu coração, vc passou por uma fase e tá mudando, não precisa se punir, agora falta vc se perdoar, e além disso não fez nada demais, esqce isso, nem precisa confessar pra seu pai… O importante é q se te incomoda o q fez, q não se repita. E qto a esta mulher, vai se afastando sem dar satisfação a ela, vc dá muita moral as ameaças dela, por isso ela te domina. Vc mesmo tá tornando seu fardo pesado, foque no estudo e na sua fé, boa sorte.