Estou aqui para revelar um segredo que me angustia há tempos

Olá para todos vocês!

Estou aqui para contar um segredo para vocês, eu preciso jogar isso pra fora de mim pois sinto que agora isso está me afetando demais. A história vai ser um pouco longa, peço paciência à todos.

Bom, minha história começa com a separação de meus pais, quando eu tinha mais ou menos uns 5 anos de idade, morei uns tempos com minha avó paterna, mas por causa de diversas dificuldades financeiras fui morar com meu pai em uma cidade pequena. Ele já tinha se juntado com outra mulher, e fui morar com os dois. No inicio foi tudo tranquilo, meu pai era e ainda é PM, quase não parava em casa por causa do trabalho, minha madrasta ainda mostrava algum certo tipo de afeição a mim.

Tudo começou a desandar quando meu pai começou a ter bastante contato com minha mãe, por minha causa. Minha mãe era e ainda é muito bonita, e naquela época ela estava chegando aos seu 21 anos. Minha madrasta era muito ciumenta, e não gostou nada dessa aproximação entre meus pais. Muitas brigas vieram por conta disso, até que ela começou a descontar em mim. As vezes meu pai ficava fora de casa por até dois dias por conta do trabalho, infelizmente eu ficava sozinho com minha madrasta. E a partir disso que relatei à cima ela começou a me agredir fisicamente e psicologicamente. Me xingava de todos os palavrões possíveis, e vários tapas na cara. Nessa época eu mentia muito, principalmente com as atividades da escola. E quando ela descobria que eu estava mentindo, as agressões aumentavam. Ela sempre fazia ameaças para que eu não contasse nada para ninguém. Foram 3 anos passando por isso, sempre sofrendo calado. Sonhando com o dia que eu iria morar com minha mãe.

Até que chegou o dia de eu ir morar com minha mãe, foi o dia mais feliz da minha vida. Nessa época ela já tinha casado novamente, e o meu padrasto era muito bom para mim. Eu considerava ele como um pai, me dava de tudo e nunca negou nada pra mim. Até hoje tenho muita consideração por ele. Hoje minha mãe não está mais com ele.

Bom, como eu já disse, eu estava muito feliz por estar morando com minha mãe. Nessa época ela morava na capital do estado, e trabalhava de domestica, por eu ter nascido quando ela era mais nova, teve que parar com os estudos. Até que ela começou a fazer supletivo, estudava a noite, e eu tinha que ficar sozinho pois meu padrasto trabalhava a noite num hospital. Aí aconteceu um fato que desgraçou minha vida. O irmão do meu padrasto foi morar com a gente. Por conta da minha mãe ir estudar a noite e de meu padrasto trabalhar a noite, eu ficava sozinho com esse cara. Nessa época eu tinha bastante medo de bonecas por conta daquele filme do “Boneco assassino”, e minha mãe tinhas umas bonecas de coleção, e esse cara usava elas para me passar medo, desligava as luzes da casa e ficava me passando medo usando as bonecas.

Até que um dia (não vou aprofundar muito na história, pois vai ficar muito grande), ele começou a abusar sexualmente de mim, especificamente sexo oral. Foram meses passando por isso, abuso atrás de abusos.

Por muitos anos, esses acontecimentos ficaram trancados dentro de mim, as vezes ficava muito tempo sem pensar nisso. Mas parece que agora tudo isso quer sair de mim, me fazendo mal, me deixando pra baixo, acabando com minha moral e autoestima. Não consigo me socializar como antes. Hoje tenho 23 anos, e isso me afeta demais, não consigo arrumar uma namorada, não consigo nem conversar com garotas sem me sentir um lixo. Isso me afeta até na faculdade. Já procurei até um psicólogo, mas não me senti bem e desisti. A todo instante eu quero morrer pra ver se isso tudo sai da minha cabeça. Já tentei me apegar a Deus, mas piorou tudo, pois não entra na minha cabeça a ideia de que ele protege seus filhos, mas que deixou essas desgraças todas acontecerem na minha vida. Hoje até duvido da sua existência.

Desculpem pelo texto grande, espero que compreendam a minha situação. Obrigado pela atenção.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

13 Comentários

  • Cara, volta pra terapia. Tem uma linha que chama raichiana, é mais impessoal, menos psicólogo e paciente. Já me senti muito assim, já tentei suicídio e acho que já morri de várias outras formas sobrevivendo às minhas memórias. E a terapia, assim como pra mim, vai te ajudar a se fortalecer, viver pra além de todas essas lembranças ruins. Fora que vai te dar autonomia, segurança, você vai deixar de sobreviver pra viver de fato. Tem tanta coisa bacana aí pra descobrirmos ainda. Hoje, eu aqui numa bad pensando que, apesar de todos os meus pesares, dei conta de fazer poucos mas bons amigos, também tenho dificuldade na faculdade e mesmo assim passei e não preciso ser que nem a maioria, só tenho que respeitar meu tempo e minhas subjetividades. Espero que te ajude em alguma coisa. Cheguei aqui por colocar tentei me matar no Google e você apareceu. E esquece logo dessas pessoas! Se tem um pensamento muito cristão que a gente aprende é que a família está acima tudo, enquanto vários tipos de violência familiar, tanto físicas, como psíquicas ou verbais acontecem todos os dias. Você é bem mais potente que todo mundo, deus de si mesmo, e mesmo que muitas pessoas sejam babacas, nunca vão roubar seus pensamentos, sua inteligência e sua determinação. Um abraço apertado e que tudo fique bem 😊

  • Isso com certeza te deixou marcas incuráveis. Mais pare para refletir, Deus te tirou daquele inferno, mesmo que tenha demorado ele te livrou, hoje você é perturbado por seu passado turbinado e sua infância perdida.
    Seus pais mudaram a são presentes em sua vida agora? Converse com eles, de uma forma ou de outra, eles deram impulso para que isso acontecesse, fale para seu pai, que o que a mulher(ou ex) não sei, enfim, sua madrasta lhe fez e se ele sabe, diga que não passou. Fale para sua mãe que esse homem que te fez isso, que esse monstro destruiu sua infância e te destrói até hoje. Fale com eles, junte os dois em um local onde estejam em família e se abra. Fale de seus medos, de suas angústias e de tudo que te deixa triste. Se eles realmente são bons pais, vão te apoiar e te darão os melhores conselhos.
    Não tenha medo de conversar com as garotas, elas podem não saber de seu passado, mais você sabe e de acordo com tudo que você passou, não está na hora de enfim, você ser feliz?
    Quando aparecer a menina certa, você vai saber, seja seguro de si, pegue suas experiências ruins e transforme em aprendizado, não fuja das pessoas, irá conhecer alguém bom, e uma menina capaz de lhe aceitar mesmo com todas angustias que estão carregando sua felicidade e sua alma. Quando achar essa pessoa, confie nela e desabafe, se ela ainda ficar do seu lado, a ame profundamente, e se não, deixe-a ir, não corra atrás e não sofra, você é especial demais pro mundo e para Deus, só não sabe disso.
    Você não é um lixo e tenho certeza que Deus tem um futuro lindo guardado pra você.
    Espero que você fique bem, que todos seus medos sumam, que você seja uma pessoa feliz, que esteja nesse momento sorrindo, que não chore mais, que sua vida tenha melhorado, que sempre antes de dormi possa agradecer a Deus por tudo que você tem hoje e que tudo que você tenha hoje, seja coisas boas e que te façam bem, espero que você ame incondicionalmente e que alguém lhe ame dessa mesma maneira!!!
    Espero ter ajudado!! Beijos e fica com Deus!

    “Não diga a Deus o tamanho de seus problemas, diga a seus problemas o tamanho do seu Deus!”

  • Bem me desculpe a sinceridade, tudo isso que aconteceu com vc é uma droga, mas já passou. E naquela época vc acabou sendo tratado como lixo e isso fivoi marcado, então caso queira deixar disso, aceita essa porra e siga em frente com sua vida. Vá aprender uma arte marcial, se torna perigoso, tenha poder pra que vc nem ninguém a sua volta fique vulnerável a qualquer tipo de violencia. Quando começar com isso, procure um psicólogo pra fazer um trabalho em paralelo, mas não perca o objetivo, tenha poder, saiba se defender, seja senhor da sua vida.

  • Querido, lixo eh quem fez isso com vc!
    Tenho depressão também e tambem relutei em consultar com psicólogos mas tente de nv, até achar um que te passe confiança.. vai ver como melhora

  • Cara . o seu relato e bem parecido com o meu, mas no meu caso foi pelo meu Pai, quando tinha uns 5 anos, quando meu pai sai e bebia muito sempre teve uma queda para bebida, meus pai já se separaram e voltaram algumas, vezes. mas uma coisa que nunca sai da minha cabeça é quando ele chegava, bebado em casa, e eu estava na cama dormindo com minha mãe , ele me masturbava, mas naquela época eu não tinha ideia o que era aquilo, mas agora com 25 anos, estou fazendo terapia, porque , naço consigo me desenvolver em nenhuma área, social na faculdade, não consigo arrumar uma namorada, 1 ano atras estava pensando em me matar, mas depois que comecei a fazer a terapia algumas verdades ,foram apresentadas a mim e isso é libertador, meu terapeuta e também o pastor da minha igreja e tem sido, muito bom essas seções.
    Eu li aqui nesse comentários, de pessoas perguntando onde está Deus,e analisando minha infância e adolescência , Deus sempre fez presente,e a todos que reclamando da sua ausência ,e só chamá-lo orar, e pedir do fundo do seu coração, com toda sua alma , ele vai te escutar !!!

  • Aconteceu comigo. Guardei por anos, e desde 2012 minha mente e meu corpo estão pondo tudo pra fora de uma vez, por mais que eu lute contra isso. Descobri que quando somos crianças não temos estrutura para lidar com isso, nossa mente trabalha o acontecimento do jeito que dá, às vezes deixando tudo guardado no subconsciente. Depois quando amadurecemos entendemos a função do sexo aí nossa mente derrama tudo em cima de nós.
    Procurei ajuda na família e não encontrei. Psicólogos e psiquiatras também não foram suficientes, terapias alternativas tentei muitas, li a Bíblia e tentei entender Deus. Nada funcionou e ao mesmo tempo tudo está funcionando, sabe porque? Quando alguém precisa quebrar uma pedra com um machado, ele dá várias machadadas, então uma hora, a pedra se quebra. Não foi a última tentativa que quebrou a pedra, mas a soma de todas.
    Isso que passamos é uma pedra muito dura, toda vez que tentamos algo, batemos nela, ela estremece, e um dia ela vai rachar, rachar, até se desfazer. Aí nosso coração vai voltar a ter sentimentos bons, vamos ter paz. Continue tentando. Vc está se curando e seu corpo sabe disso melhor que vc. Estou a disposição.

  • Confesso q não entendo pq as criancas não contam a alguém da família qdo se inicia os abusos, eu tinha uns 6 anos qdo meu visinho aproveitava qdo meus pais e a mulher dele saíam e eu ficava brincando c as criancas dele e por algumas vz ele me levou ao qrto dele, tirou minha calcinha e mechia em mim, eu sabia q aqlo era errado, mas tinha vergonha d contar pra minha mãe, mas fui corajosa e antes q concretizasse o estupro, c muita vergonha contei a minha mãe, resumindo ela contou pra mulher dele é juntas deram uma prensa nele q admitiu… Resultado convivo mais um 5 anos próximo a ele, mas nunca mais me tocou, e claro q depois q cresci está lembrança me dava um certo repúdio, nojo, então a vcs q são ou serão pais ibsteuam a seus filhos pra contar tuuudo a vcs. E qto a VC qrdo sinto muito, é difícil msmo mais não deixe q este cafajeste te destrua, procure psicólogo, psicoterapeuta, e conte pra sua mãe, pra q ela te ajude a lutar, vai namorar, ser feliz, vc pode superar tudo c fé em Deus.

  • Onde está Deus vendo tudo isso?

  • Eu imagino o q acontece em sua mente, não é fácil, mas qdo colocamos para fora seja escrevendo ou falando, parte do q nos fazia mal vai se diluindo…procure alguém de sua confiança e conte tudo isso…ou então vá para um cantinho da sua casa, sozinho e fale como se tivesse alguém lá escutando o que vc diz…chore…chore muito e exorcize esse mal que está corroendo sua alma…Deus não esqueceu de vc…todos nós temos as nossas crises e nossas cruzes…Não é facil carregá-las mas Ele prometeu q estaria conosco todos os dias…vc vai conseguir superar tudo isso…a vida é superação. Abs.

    • Já fiz isso, já fui a um psicologo, mas não adianta nada. Agora o sentimento ruim vem de forma mais agressiva. A unica coisa que penso é em morrer.

      • Mais uma coisa, sei que está muito preocupado com Deus, onde ele está vendo tudo isso. Pelo que li na Bíblia, ele criou os animais pra agir por instinto, ao se alimentar, reproduzir, etc. Por isso vemos cães cruzando na rua no cio. Os anjos ele criou um número exato, sem sexo. Já os humanos ele criou parte instinto e parte livre arbítrio, para nós decidirmos o que fazer. Ele colocou uma consciência dentro de cada um pra avisar se algo é certo ou errado. Mas não deu certo. Genesis capítulo 6, diz que Deus deplorou a maneira como tinha feito a humanidade. Ele ficou profundamente magoado, leia depois. Por isso ele decidiu mudar tudo. Aí mandou Jesus vir à Terra, nos ensinou a oração do pai nosso (Mateus 6:9) onde pedimos que o Reino dele venha à terra e faça a vontade dele aqui. Jesus pediu pra divulgar esse Reino. Quando a humanidade estiver preparada, e isso vai acontecer em breve, ( apocalipse 21:4) neste tempo tudo de ruim que aconteceu com a gente vai ser apagado do nosso coração. Leia este texto, vc vai sentir que é verdade.
        Não tem nenhum mal que Deus não possa desfazer, mas vai ser no tempo dele.
        Religião é algo muito pessoal,
        Na religião existe muita hipocrisia e até pedofilia. Muita coisa desumana foi feita ” em nome de Deus”, como a maioria das guerras.
        Mas a leitura da Bíblia acalma muito, principalmente este texto, apocalipse 21:3,4. Vc vai perceber que Deus está agindo no tempo e modo dele. Diferente dos humanos que dizem representar a Ele.

  • Procure um psicologo ou leia o livro do lair ribeiro “prosperidade” são duas formas boas para se livrar de traumas.