Autor: O Pensador

Meu melhor amigo sou eu

Bom, antes de isso ser uma confissão, é um pedido de socorro. Peço ajuda. Não me adianta gritar, pois só tenho a mim. Desde sempre carrego uma dor aqui comigo que machuca muito, não sei o que machuca, mas não deixa hematoma na carne, dói algo além dela. Tudo começou quando eu era criança: naquela época as pessoas da escola bombardeavam-me com ódio, porque eu tinha os dentes tortos e grandes. –  ” Coelho da Páscoa” !! quanto doía. Dói….