Confissões marcadas com a Tag: Discriminação

Só resta-me a morte

Sou negro, pobre, não tenho trabalho, obeso, tenho 35 anos, virgem, nunca namorei nunca nem se quer beijei uma garota, meu pênis é pequeno, sou incapaz de satisfazê-las, moro com minha mãe e dependo da aposentadoria dela pra viver, ela está cega e diabética, não tenho nenhum amigo, nenhum parente presente, gosto de uma menina que me desdenha, sou discriminado pela cor e pela obesidade peso 170 quilos por onde passo as pessoas ficam envergonhadas de mim e não me…