Minha vida imaginária e perfeita

Olá, tenho 14 anos, praticamente desde 2011 vem acontecendo coisas estranhas comigo, sempre falei sozinha, comecei a ter vidas imaginárias quando eu fui percebendo que eu sou uma pessoa carente e solitária.

Bom vamos começar, desde 2015 eu venho tendo pensamentos com um cantor de uma dupla sertaneja que está fazendo muito sucesso ultimamente, os dois são irmãos, mas eu me imagino sendo a esposa do cantor principal da dupla. Nosso casamento foi no dia 11/07/2015, quando estou sozinha eu me imagino com ele na casa aonde compramos assistindo tv abraçados (eu acho esse tipo de atitude meio psicopata), eu não estou mais tendo controle de mim mesma, quando estou em público as vezes eu faço gestos de carinho, quando percebo que alguém viu eu começo a andar pela casa e me imaginar com esse meu “marido famoso”.

Nessa minha vida, eu sou uma arquiteta de 26 anos e o tal cantor da dupla sertaneja, no meu pensamento ele não é cantor, ele é um engenheiro civil que ganha uns 25.000 e 30.000 por mês, moramos em um prédio de luxo no interior de SP, quando eu estou indo para a escola eu me imagino estar indo trabalhar não estudar, meus colegas de escola na verdade são funcionários da minha empresa de arquitetura. Na minha vida imaginária eu tenho cabelos longos e castanhos escuros, tenho tatuagens, olhos verdes muito lindos… mas eu na vida real NÃO SOU ASSIM! EU TENHO OLHOS CASTANHOS SOU MORENA BAIXINHA E MEU CABELO NÃO É LISO (é progressiva :/) – (O MEU CASAMENTO COM ESSE CARA É PERFEITO)

Meus pais na vida real não são os meus pais na ‘vida imaginária’, meus pais da imaginação tem uns 50 ou 60 anos – NA VERDADE MEU PAI E MINHA MÃE TEM 38 e 40 ANOS!!!!!!!!!!!

DETALHE: ESSA NÃO É A ÚNICA VIDA QUE TENHO, EU TENHO VARIAS!

TEM UMA QUE EU SOU MILIONÁRIA TENHO VARIAS EMPREGADAS E SOU CASADA COM UM EMPRESÁRIO BEM SUCEDIDO ITALIANO QUE CRIEI ELE NA MINHA IMAGINAÇÃO, O NOME DELE É CARLOS, E TENHO UMA FILHA DE 4 MESES COM ELE.

TEM OUTRA VIDA QUE SOU CASADA COM UM HOMEM QUE NÃO É DO BRASIL, ELE É PORTUGUÊS (não é o cristiano ronaldo)

EU CRIEI ELE NA MINHA IMAGINAÇÃO TAMBÉM,MORAMOS EM UM CONDOMÍNIO DE ALTO PADRÃO BEM CONHECIDO, SOMOS CASADOS HA 7 ANOS – NESSA VIDA EU TENHO 28 ANOS E ELE 37 (9 ANOS DE DIFERENÇA DE IDADE) temos 3 filhos, uma de 4 anos, uma de 2 anos, e um de 2 meses…

TENHO OUTRAS VARRRRRRRIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIAS!!!!!!

EU QUIS ME DESABAFAR, ESTOU CHEGANDO A UM PONTO QUE ESTOU FICANDO COM MEDO DE MIM MESMA ULTIMAMENTE, NUNCA FALEI DISSO PARA NINGUÉM, É A PRIMEIRA VEZ QUE DIGO SOBRE ISSO EM PÚBLICO, ME SINTO REJEITADA, DEPRIMIDA E ISOLADA DO MUNDO, POR ISSO IMAGINO ESSAS COISAS, EU ACHO QUE TENHO TRANSTORNOS PSICÓTICOS 24 HORAS POR DIA É UMA VIDA IMAGINÁRIA QUE LEVO (CHEGUEI A UM PONTO QUE EU QUERO NAMORAR UM HOMEM QUE TENHA AS MESMAS QUALIDADES, APARÊNCIA DOS HOMENS QUE CRIEI NA MINHA VIDA IMAGINÁRIA).

QUANDO VOLTO “AO NORMAL” EU VEJO O QUÃO É PATÉTICA A SOCIEDADE DE HOJE EM DIA, E ACABO VOLTANDO A IMAGINAÇÃO. Eu até gosto da imaginação, mas vai chegar uma hora que tenho que falar CHEGA!…….Estou preocupada com minha saúde!

 

 

 

 

Reportar

Deixe um comentário

21 Comentários em "Minha vida imaginária e perfeita"

Notificar-me sobre
avatar
2048
Lora
Visitante

Eu passo por essa situação desde que me conheço por gente e francamente até curto e considero isso como um tipo de brisa e momento intimo onde eu fujo um pouco do meu cotidiano que é bem estressante e que nunca foi um mar de rosas.
Vou resumir em poucas palavras:
Nessa vida, não existem personagens. Trata-se de eu mesma, com minha aparência apenas um pouco mais magra. Minha personalidade é romântica do tipo menininha inocente, saca? kkkk
Na minha fantasia me relaciono com um carinha que foi adotado pelos meus pais quando era criança (os pais dele eram íntimos dos meus e morreram num acidente e como não existiam tutores que pudessem criar ele, meus pais o pegaram pra criar e desde que entrou na família nunca nos vimos como irmãos!!). O cara que dá vida a esse homem perfeito é um modelo bem famoso no Instagram. Não vou dar a descrição dele pra preservar sua imagem.
Nosso relacionamento é bem intenso. Nos amamos muito, e simplesmente não conseguimos viver longe um do outro. No início tentamos reprimir o sentimento mas a paixão falou mais alto e desde então vivemos nosso amor. Na minha vida paralela (prefiro intitular assim do que imaginária pra não parecer coisa de gente doida kkkk), eu sou uma universitária que faz estágio numa empresa de tecnologia e meu amor é oq ele é na realidade: MODELO. Moramos juntos num apartamento pequeno em SP. Somos extremamente fiéis um ao outro e 100% dedicados a nossa relação. Por enquanto não temos filhos, mas é algo que futuramente provavelmente vamos providenciar.
É isso gente. Não é algo tão mirabolante mas é uma viagem que eu curto fazer todas as noites. SIM, É ALGO QUE SEMPRE ACONTECE ANTES DE DORMIR. Me ajuda a dormir melhor e inclusive sonhar com a situação. Não influencia em nada na minha vida, e se influencia é de forma positiva pois depois dessa “viagem”, consigo abstrair melhor os problemas reais.

Jéssica
Visitante

Meu Deus!!! Eu achava que só eu tinha isso na vida!!! Como é reconfortante saber que isso existe, não sei se é um tipo de doença, transtorno, se tem cura… só sei que desde criança tenho isso tambem!! Nunca pesquisei, e hoje do nada coloquei no google sobre vida imaginária… achei pouco sobre o assunto, mas nesse blog me encontrei…afinal.. será que alguma forma tentamos ter uma vida mais emocionante criando vidas imaginárias?
Absolutamente ninguém sabe sobre minha vida imaginária… ninguem mesmo. Pela primeira vez na vida, ao ler os relatos aqui me senti confortavel para me expor e abrir..
Na minha mente, se passa uma vida assim… Uma moça de 19 anos chamada Leticia, morena, baixa e bonita conhece um moço lindo na faculdade, alto, cabelo preto, americano, romantico que se apaixona perdidamente por ela… o nome dele é Kevin. Eles ficam algumas vezes e começam a namorar. Ela engravida sem querer, eles casam. Vão morar nos EUA. Ele se junta com um grupo de amigos e formam uma banda e ficam famosos. E eles são felizes, o sexo deles é maravilhoso, e apesar de ter muitas fãs é perdidamente apaixonado por ela…e apesar da fama dele, eles tentam levar uma vida comum e criar o filho. E tudo continua na minha mente: os fins de semana, ele nos shows com a banda, ele escreve musica pra ela, a casa sempre cheia. Eu tinha limite nesses pensamentos, mas ultimamente não consigo ter mais… quando volto pra realidade fico frustrada, esse cara existe na vida real… já a Leticia não… eu vejo fotos dele, desde pequena fui apaixonada por ele e pela banda dele. E no fundo sei que eu queria ser a Leticia imaginaria, para ter essa vida ao lado dele. Só que essas imaginações em excesso estragam nossa vida real. Nossa realidade é… estudar, trabalhar, pegar onibus, aguentar gente chata, pagar dividas, ter que conviver com violência… então acho que a vida imaginária é uma via de escape pra tudo isso… Sinto vontade de procurar um terapeuta pra falar disso.
Ah, eu tenho 27 anos, sou formada, casada e com profissão.

Sousa
Visitante

Eu tinha vida imaginaria como voce e muitos que aqui deram depoimentos!
Depois que arrumei um emprego…To curado!

Felipe
Visitante

Tenho 27 anos e desde os 10 eu vivo esse tipo de coisa, mas só agora vim ter a curiosidade de pesquisar e entender esse fenômeno. Nunca tive coragem de contar para a minha psicologa e nem para ninguém. Alguém sabe se isso tem algum nome?
Então, a minha vida paralela não interfere na minha vida real…Eu vivo normal, mas quando estou sozinho os meus personagens parecem implorarem para entrar em cena.
Eu já criei várias histórias (Novelas em minha cabeça), é como se fosse uma novela de televisão onde os personagens ganham vida e tem sua personalidade e historia de vida própria. São tantas que eu até ja esqueci de algumas, outras foram tão marcantes que guardo na minha memoria. Porém, existem outros personagens que não são de novelas, eles são geralmente celebridades, cantoras pop que fazem muito sucesso, gravam cds, clipes, fazem shows e tem uma vida com marido, família etc. Para integrar tudo isso eu criei uma rede de televisão em minha cabeça onde essas cantoras se apresentam e as novelas são transmitidas, nessa emissora tem mais personagens: apresentadores, jornalistas etc que trabalham em alguns programas também criados pela minha mente. Quando era moleque eu fazia tudo isso com os meus brinquedos e sempre achei que fosse algo de criança, mas hoje, aos 27 anos, eu parei de brincar e isso continua tudo na minha mente. Não é mesmo uma loucura? Já me questionei se sou doido, mas na vida real eu sou altamente equilibrado, tirando a ansiedade controlada por terapias, sou um cara normal como todos os outros, tenho amigos, saio, viajo, estudo, porém esses personagens, essa vida paralela, geralmente de tv fama e holofotes, que existe em minha cabeça me persegue e não sei até quando. Quando vi que existem mais pessoas com isso fiquei mais aliviado e acho que devemos nos juntar para tentar entender o que é isso na verdade, pois ainda não achei nenhuma explicação na internet.

Angela
Visitante

Desde os 6 anos eu tenho uma novela imaginaria, hoje tenho 29 e continuo tendo.E agora vou contar agora para voces como é a minha duas novelas imaginarias.

A Patricia tem 23 anos e branca tem cabelos pretos lisos e compridos,e magra.Criei essa personagem com as características idêntica a aquela atriz que morreu (Daniela Perez).A Patricia e apaixonada pelo Lucas.Lucas e de uma família rica tradicional de outro país.Ele e branco,cabelos pretos caído nos olhos ele é magro,charmoso, sensível,humilde e tem muita sabedoria de vida,ele é apaixonado pela Patricia os dois chegaram até namorar por 1ano,mais o namoro deles foi interrompido pela mãe do Lucas que sonha que o filho se case com a prima Cleina pq ela quer q a herança da família fique entre família mesmo.Mais eles se amam muito e o Lucas enfrenta a própria mãe pra ficar com a Patricia.

A minha outra novela imaginaria e com a outra prima do Lucas que se chama Edi.Edi e uma moça muito sensível que faz de tudo para querer a atenção e o carinho do pai,ela é rica mora com a mãe e o pai só que o pai nunca gostou da Edi e sempre à rejeitou e quando a Edi ficou grávida ele espulsou ela de casa e ela foi morar na rua sofrendo muiito.
Bom gente e isso essas são minhas duas novelas imaginarias não imagino a minha vida sem essas pessoas imaginaria, adoro essa vida imaginaria pq não me sinto sozinha e um refúgio para mim.
Detalhe nunca falei isso pra ninguém é percebo tbm que a minha irmã mais nova também tem a mesma coisa,acho e que hereditário.

Angela
Visitante

Oi meu nome é Angela e desde os 6 anos eu tenho vida imaginaria,mais são com outras pessoas.Hoje tenho 29 anos e continuo tendo isso é eu gosto e não me atrapalha em nada.

Membro

Uauuu! Eu tenho 14 anos tb, mais porem tenho uma só.. não deixo minha mente ir criando e criando…
Você perdeu o controle, tudo bem que me acho um doido mais quando li o seu texto achei mais estranho… isso é viciante cuidado.. tente ocupar sua cabeça vendo vídeo, desenhos algo que ocupe sua cabeça e te faça esquecer ou pelo menos tente ter apenas uma.. * NÃO DEIXE DE FAZER NADA POR CAUSA DA “VIDA IMAGINARIA” E ESPERO QUE REALMENTE ALCANCE SEUS SONHOS PORQUÊ ISSO PODE TE PREJUDICAR..*

Carlos
Visitante

Sou homem, tenho 28 anos e ainda crio fantasias na cabeça, sempre tive dificuldade em me relacionar, nunca namorei, apenas tive alguns relacionamentos abertos para enganar a solidão, ou realizar desejos sexuais. Sou apresentável, e tenho uma vaidade doentia, mas esses dias eu estava pensando “Por que quero estar sempre bem ou bonito, pra quem?” Eu não sinto mais vontade de sair de casa, eu me tranco no quarto e assisto a séries e escuto minhas músicas, faço caminhadas aos finais de semana para me distrair, no trabalho eu vivo minha vida normal, mas sempre ansioso, preocupado, isso está me causando doenças gástricas. Em casa, na calada da noite eu sou outra pessoa, não mencionei aqui antes, mas tenho preferência por homens, ja sou bem resolvido (embora tenho certa curiosidade com mulheres), mas a minha vida sempre foi cheia de interrogações, a única vez que senti algo por uma mulher foi quando uma cliente muito bonita me jogou uma cantada no trabalho, morri de vergonha, queria me enterrar, mas aquilo foi um tanto estranho. E com homens é sempre mais complicado pq eu não consigo me expressar na frente de alguém que tenha me chamado atenção, nunca soube lhe dar com isso, faço confusão, tenho medo sobre o que ele vai pensar de mim, e da minha timidez estragar tudo. Essas vontades eu vivo no meu outro mundo, no da fantasia, eu sei que isso parece coisa de criança, mas descobri que não sou o único porque vejo o que vcs também passam, eu sonho com o homem que eu queria ser, e com o homem que eu gostaria que estivesse comigo todas as noites, sozinho no quarto ou em qualquer lugar, na rua, no carro, etc.. E esqueço meu eu verdadeiro, na verdade eu sinto inveja dos meus sonhos pq eles TÃO distantes, por isso eu prefiro viver a fantasia à realidade. Nessa vida eu criei até amigos imaginários que sempre estão comigo, crio inimigos, e um lugar longe de todos que conheço. Isso é estranho pq está me afastando de tudo mesmo, não é coisa boa, mas eu gosto tanto, mais tanto que não quero parar, “ele” me faz ter uma boa noite de sono, mas é muito ruim acordar e me sentir sozinho outra vez… Eu sinto que essa seja a razão pela minha fase de melancolia, eu estou perto dos 30 e joguei minha razão pra dentro das fantasias e não consigo mais me desapegar… :(

Anon
Visitante

Puxa amigo eu também faço isso!

Membro

oi. Voce é adolescente e é comum nessa idade ter esse tipo de imaginação.
O que nao é comum é voce deixar de viver sua vida real para viver a virtual (imaginária)
Encontre alguem de sua confiança e converse com ele e peça ajuda. pelo seu relato,Isso já esta se torna uma obsessão e vai atrapalahr toda sua vida presente e futura.
Se você nao gosta da vida que leva, peça forças e orientação ao Senhor e FAÇA por onde para mudar sua realidade.
Mas saiba que é preciso VIVER sua realidade, para muda-la.
Ninguem vive a vida que quer, porque sempre achamos a vida dos outros melhor, mas, Deus tem planos para cada um de nós e ele quer que voce viva a SUA vida, e a viva de forma abundante.
Bjs.

Leonor
Visitante

Minha princesa não estas sozinha eu sou assim 24 horas por dia durmo a pensar e acordo a pensar fico muito ansiosa para ir na escola para fingir que sou uma pessoa diferente até dentro de casa fasso isso imagino que sou linda com um corpo de dar inveja a muitas e que sou rica e tenho filhos tenho muitas vida que eu inventei na minha cabeça eu também cheguei a um ponto de pensar que não bato bem da cabeça so que está difícil de conseguir vamos orar a Deus para nós ajudar beijo dessa tua amiga de Portugal

juli
Visitante

querida eu tb tenho meu mundo imaginário, desde os 9 anos , e hoje tenho 21 anos . realmente isso atrapalha um pouco a vida real, pois temos dificuldades de separa o real e o imaginário, e isso faz com que nossas escolhas sejam dificultadas, pois queremos o que ñ temos. Eu por ex : fiquei a minha adolescência toda imaginando o irreal , que ñ fiz nada por mim, pois achava que minha vida estava em minha cabeça. tinha um rapaz que gostava de mim e eu tb gostava dele , sonhava e imaginava uma vida com ele, mais essa coisa de fantazear o irreal atrapalhou tudo, hoje ele tenta mostrar pra mim a vida que eu perder ao lado dele, e eu estou sozinha.

alex
Visitante

Isso é passageiro. Vc apenas tem imaginação criativa.

julianalmeida
Membro

Procure um tratamento, isso não é normal!

Neuzadina Abrantes
Visitante
Neuzadina Abrantes

Isso pode ser um encosto de demônios. Você procura a palavra de Deus Nosso Senhor e pede para se livrar desses espíritos malíngnos porque a salvação está em Jesus e esses encostos não são de Deus porque é obra de Satanás. Jesus vai tirar essa legião de demônios como fez com os endemoninhados de geraseno.

NIVEA ALVES
Visitante

KKKKKK quem dera se fosse verdade ne? mas calma isso e coisa da idade, logo passa,enquanto isso você pode ir sonhando acordada kkkkk, boa sorte.

Mordecai
Visitante

Ter uns pensamentos, ok. Agora, viver a sua vida obcecada por uma ideia, não dá. Considere marcar uma consulta com um psicólogo e ver o que ele te diz.

Edilene
Visitante

sonhar que namora ou é casada com um atendente de lanchonete, caixa de supermercado e tal você não sonha né! assim é fácil sonhar, seu problema é de grandeza querida. estude muito p/ ter um bom emprego e não se decepcionar com a vida, pois arrumar um marido desses não é nada fácil

¿?
Visitante

Mocinha, fique tranquila. Não é só você que tende a ter esses tipos de pensamentos, eu mesma também crio minha própria vida imaginária. Fiz uma confissão nesse site, já faz um tempinho… Mas contei desse meu mundo “paralelo” e se você quiser ver, fique a vontade, é só procurar! Às vezes a realidade não nos satisfaz, né? Por isso criamos esse tipo de escapatória… Está tudo bem em pensar nisso, eu entendo perfeitamente sua situação, mas você tem que ter em mente que não vá atrapalhar sua vida monótona e real, ok? Tente fazer uma separação de mundos, o da fantasia e o em que você vive (infelizmente) porque você mesma disse que está começando a ficar receosa… Ah, e isso não tem nada a ver com psicopatia, é bem distinto na verdade. Enfim, saiba que não está sozinha. Bjs. :)

Eloi
Visitante

Todo mundo já sonhou com essas bobagens. Arruma um namorado de carne e osso. Para de ver tolices na TV.

Math
Visitante

Kkkkk até parece que arrumar macho é fácil assim

wpDiscuz