Vivo em um mundo que não existe

Ok, eu não sei por onde começar… Não acho que nome e idade importe alguma coisa, mas bem, desde que me lembro eu “sonho” sem estar dormindo, já vi pessoas falando sobre isso antes, mas não exatamente como acontece comigo. Não é só em um momento de calmaria, ouvindo musica, é a toda hora. E quando acontece, eu não sou eu (?), eu vejo coisas e passo por situações reais, que acontecem nesse momento, ou fantasiosas. Na maior parte das vezes sou alguém especifico, outras sou alguém que convive com essa pessoa. Ou simplesmente personagem de uma história que estou escrevendo e esse não é o problema, viver o personagem faz ele ficar mais sólido, o problema são os dois primeiros. São pessoas que eu queria ser, ou talvez já seja (?). Mas por que não consigo reproduzi-los no “mundo real” ?

Especificando, sim, quem eu “sou” é do gênero oposto, mas não sou homossexual ( na verdade, eu seria mais para assexuado ) não sei se isso seria transgeneridade…

Eu digo quem eu “sou” porque temos muito em comum, gostos, opiniões e tal, mas diferente de mim, “ele” é uma pessoa mais solta e mais motivada, tem mais liberdade para ser e fazer como ela mesma…

Eu tenho lido sobre alguns distúrbios de personalidade e tenho percebido que alguns são causados por acontecimentos durante a infância/pré-adolescência ( talvez eu esteja dizendo bobagem ) e meus pais sempre foram um pouco… opressores (?). São o tipo de pessoa que as vezes não conseguem entender que cor, sexualidade, emprego, religião, etc. não muda o caráter de alguém, e que pensam que certos problemas são irrelevantes de mais. E a maior parte da minha vida não tive amigos próximos o suficiente para compartilhar angustias e segredos ( sinceramente, sempre me achei melhor por não precisar disso, mas é por isso que estou aqui ). E talvez por isso hoje eu esteja fechado de mais (?) e acabei criando a ” realidade perfeita”.

Mas não quero morrer nessa comodidade. Ultimamente tenho vivido do jeito fácil, só porque é fácil. Como assim ?. Bem, acabei caindo na rotina, acordo de manhã, faço o que tenho que fazer, todo o meu tempo livre eu passo fora da realidade, principalmente em jogos e livros ( lembrando que faço isso não sendo eu.  Está difícil entender ?) porque assim, a vida parece mais suportável… não só assim, mas também em um namoro, não que a outra pessoa seja o problema, o problema sou eu, não acho que nos encaixamos e tudo mais, mas continuo no relacionamento, simplesmente porque é fácil, tenho com quem conversar, recebo presentes, me divirto, é mais uma relação de amizade do que de amor por minha parte ( na verdade, acho que nunca amei, e minha impassibilidade me incomoda, mas não é esse o assunto). Em vez de terminar isso, contar minhas mágoas para os meus pais, eu simplesmente deixo como está.

Eu quero mudar, mas me falta motivação, não sei por onde começar e em quem me apoiar, isso nunca tem sido problema até recentemente que comecei a ter muito medo da morte. Sempre me imagino, no meu leito, lamentando que nada foi real, que eu não contribui para nada, porque nos meus sonhos, a pessoa que sou consegue alcançar um sucesso que não sei se teria forças. Eu quero fazer a diferença, começar a trabalhar, tratar a depressão e me abrir sobre o que sinto.

Eu tenho pensado até em mudança de sexo, quero fundir as duas realidades, não sei se é a coisa certa, tenho medo, se não for o que eu pensei, e… eu não quero me livrar da criatividade, de maneira alguma, e se eu passar a ser essa pessoa, em que eu pensaria na outra parte do tempo minha mente criaria outra e outra ?

Só acho que de certa forma isso tem atrapalhado minha vida, não sei se devo  seguir com minha ideia, não quero a opção ” tentar me aceitar”.

 

( Eu espero que eu tenha tido coragem de postar isso.)

Ignore qualquer erro de ortografia.

Eu continuo achando um pouco estúpido contar, escrever isso para ” qualquer um ver “, mas uma pessoa me disse que “mesmo que ache que um problema é bobo, ele continua sendo um problema”, então eu tinha que começar de algum lugar.

Espero que assim eu tenha coragem de tomar uma atitude…

E agradeço a qualquer comentário.

 

Reportar

Deixe um comentário

2 Comentários em "Vivo em um mundo que não existe"

Notificar-me sobre
avatar
4000
eueueue
Visitante

Olha, pelo que eu entendi vc meio q criou uma realidade paralela dentro da sua cabeça da sua vida por que talvez não esteja satisfeito/a (eu não entendi qual é seu gênero) com a vida real que vc tem. Se esse for o caso isso não é nada bom, pode te levar a querer sempre viver neste “mundo” e não viver a vida como deveria do lado de fora… a primeira coisa que vc deve saber ( ou talvez já saiba) é que tudo que seu alter ego é é aquilo que vc quer ser ou se vê como. Vc diz que ele/a se parece muito com vc mas tem qualidades que vc não tem e queria ter e etc… então, é exatamente isso, ele é como se fosse um “você melhorado” ou um vc que vc quer ser (nao sei, não sei nem se o que to falando faz sentido). Talvez vc não esteja satisfeito/a com sua vida porque pode não estar sendo quem vc é ou gostaria de ser.
Pelas coisas que vc falou eu tb acho q vc tem uma questão de genero mal resolvida e não está sabendo lidar com isso, e cara aceitar quem vc é é a melhor coisa que vc pode fazer por vc mesmo na sua vida, muda tudo! falo isso por experiencia própria e de vários amigos. Espero q o que eu escrevi tenha te ajudado. Meu único concelho para vc é de escrever em um diário todas as suas emoções que vc tem sobre vc mesmo, acho q isso ajuda a se entender. E se a interpretação que eu tive da sua historia não foi a correta desculpe, eu tentei, mas a ideia do diário ainda vale e ir num psicologo também. Paz

Louis Reng
Visitante

Antes de tudo, vc deve traçar um ideal, um rumo, uma sina. se quer casar ou não, ter filhos ou não, (mesmo que não posso gerar, adoção também é paternidade, pois pai e mão são os que criam). QUer construir algo, realizar algo. Faz parte de nós ser humanos ter esse rumo, um farol para nos guiar, religião ajuda, eu sou evangélico, mas independente disto, a sua propria essencia necessita de tal. Amigos, só um ou dois são verdadeiros, outros só são colegas de momento. Destino vc faz, busque o seu ideal, e vc encontrara as respostas que procura.

wpDiscuz