Sou irrelacionável e vivo numa tristeza que não tem fim

Bom, tenho 17 anos e vivo numa depressão que já dura uns 10 meses. Sempre fui considerado um bom filho e muito estudioso, porém já não me sinto determinado a fazer coisas que fazia antes. Sou muito tímido, nunca namorei e não tenho amigos, na realidade só tenho uma amiga. Eu sou gay e minha família é super preconceituosa e isso só me faz triste cada vez mais. Me considero uma pessoa feia, além de ser pobre e sinto que nunca serei feliz. Atualmente só fico triste e sem disposição para nada e não estou estudando para o vestibular. Não fui aprovado e isso mexeu muito comigo. Raramente eu fico feliz, e quando estou rindo, do nada sinto vontade de chorar e fico cabisbaixo. Sempre penso em me suicidar, eu sinceramente vivo uma tristeza que não tem fim. Só queria ser feliz ou que isso acabasse.

Dificilmente me abro para alguém, acho que eu nunca faço isso. Eu queria muito ter amigos, mas geralmente eu afasto as pessoas da minha vida. Queria me apaixonar e ser alguém na vida. Acho que não aguentarei isso mais.

Enfim, não sei o que fazer da vida, não tenho recursos para financiar meus estudos, nem ninguém que me ajude com o que eu quero fazer no futuro. Sorriso no rosto é o disfarce que uso todos os dias.

Sou ateu e não ligo em cometer suicídio, essa é a minha futura opção/solução.

 

Reportar

Deixe um comentário

3 Comentários em "Sou irrelacionável e vivo numa tristeza que não tem fim"

Notificar-me sobre
avatar
4000
SobrinhoTarado
Membro

Eu tbm sou gay, e passei por tudo o q vc passa agora.
Cresci numa igreja cristã, meu pai é evangélico quase fanático, 99% dos meus primos são homofóbicos, a maioria dos meus vizinhos eram ignorantes, achavam q LGBTS escolhiam ser assim, que era safadeza e etc. Fui vitima de bullying na escola por longos anos (e por algo q eu não havia falado), não foi fácil, mas eu continuo aqui, carrego todas as cicatrizes de tudo o q eu passei na vida, mas minha vida não pertence à nenhum deles, ela é minha, e só eu posso correr atrás de ser feliz.
Vc é novo ainda, primeiro livre-se de toda a negatividade, tenho 24 anos e vou te dar algumas dicas:
– O mundo LGBT é extremamente sexual, não é raro vc marcar com um cara, rolar sexo e adeus, portanto, escolha bem com quem vc vai se encontrar,
– Cuidado com os Apps de pegação, eles são voltados pra sexo, não espere mais do que isso.
Ao meu ver, vc não está perdendo nada, pq é novo ainda, foque-se nos seus estudos, se vc já sabe o q quer da vida, lute, corre atrás, estudo o quanto for necessário, e se cair, levante e lute outra vez, não desista na primeira.
Vc terá q suportar sua família até conseguir uma independência financeira, abstraia, não dê ouvidos ao preconceito deles, isso só machuca vc.
Entre nessas salas de bate papo sobre amizade e conheça alguém, um amigo virtual que vc possa desabafar sem medo, isso vai te ajudar bastante.
Ser feio depende mto do ponto de vista, são poucos os q se encaixam no padrão, a maioria tenta. Vc ainda vai mudar bastante, e pode melhorar tbm, se alimentando bem, fazendo academia, algo q seja bom pro seu corpo.
Não cometa suicídio, a vida apesar dos pesares, vale mto a pena, e lá na frente quando vc vencer, vai olhar pra trás e rir, por ter feito tanto drama em algo q era tão simples, tudo se resume à foco, se o seu foco é ser feliz, lute pra que isso seja realidade.
Cuidado com DST, não transe ser preservativo, muita gente tá infectada e não sabe.
Boa sorte e q vc encontre a felicidade, ela tbm foi feita pra vc, e esse mundo tbm é seu.

Aura
Visitante

Tirou as palavras da minha boca, parabéns!!!

SobrinhoTarado
Membro

Não é fácil, mas só nos resta seguir em frente em busca da felicidade.
Não é fácil ser gay, não é comum alguém tentar abrir suas feridas, por isso a maioria prefere se afastar dessas pessoas.
Espero q ele se encontre, encontre a felicidade e tenha boas histórias pra contar, de que vale vir à esse mundo se não for pra ser feliz ?

wpDiscuz