Nunca, nunca mais quero amar

Bom me chamo Debora, o que venho contar é um desabafo sobre minha historia, o que eu passei.

eu fui casada durante 1 ano e 4 meses com um PM, prefiro não revelar o nome, nem o estado, pois eu estaria expondo ele, antes de nos casarmos, namorávamos e ele sempre foi um homem muito carinhoso romântico, conheci ele através de amigos em comum, no começo confesso que não fui muito com a cara dele, eu achei ele muito arrogante e prepotente, sempre que meus amigos saiam convidavam ele, eu no começo nem ligava muito pra ele, até que um dia ele sentou ao meu lado e começou a puxar assunto, e comecei a conversar normal, depois de uns tempos nessa convivência foi nascendo uma amizade, eu mudei a minha opinião, já não via mais ele como prepotente e nem arrogante, comecei a falar com frequência com ele, mas no começo eu fiquei com medo de me envolver com ele pois meu medo era que ele fosse uma pessoa agressiva, mas com o tempo eu percebi que não, eu me apaixonei por ele de uma tal maneira que eu não sabia nem explicar, até que um dia eu beijei e disse a ele que eu estava gostando dele, e ele também disse o mesmo, depois disso nada foi mais o mesmo, ele começou a ser mas presente, ele me pediu em namoro, pra min foi um sonho porque ele era um amor de pessoa carinhoso, sempre de manhã era uma mensagem de bom dia, enfim decidimos nos casar pois a gente se completava muito, as atitudes dele não eram de um homem grosso que até então a farda mostrava ser, pelo contrario, era um príncipe, o meu príncipe, o homem que eu amei de todo meu coração, nunca o trai fui fiel a ele desde que começamos a namorar, nos casamos, não esqueço até hoje cada momento desde a escolha do vestido ao buffet da festa, a felicidade da minha família estampada nos seus olhos e a minha felicidade de estar casando com uma pessoa que eu amava, e até hoje me emociono em lembrar, era muito amor e carinho união tínhamos o nosso cantinho, mas tudo mudou de uma hora pra outra, começaram as brigas pesadas, o ciúme da minha parte falou mais alto eu comecei a desconfiar de que que ele me traia, porque ele chegava tarde do trabalho, e um dia levantei peguei o celular dele e vi que ele estava num grupo de amigos comentando de mulher pra não falar outra coisa do que era o grupo, no outro dia levantei e perguntei porque ele estava agindo assim, ele foi rude disse que não me traiu e disse que colocaram ele nesse grupo, eu deixei pra lá, mas depois eu percebi que as coisas mudaram ele já não era mas o mesmo, só vivíamos brigando coisa que não ocorria no começo, até que ficou pior, ele passou a me tratar mal começou a sair com os amigos dele pra beber nos finais de semana, e eu? ia pra casa da minha mãe pois era lá onde eu ia desabafar, eu chegava pra conversar, ele despistava gritava comigo eu dizia pra ele que se ele me traísse eu não o perdoaria, com isso eu fui ficando desgostosa da vida eu me trancava no banheiro após as nossas brigas e eu só sabia chorar, chorava escondida pois eu o amava muito e eu não aceitava essa situação, um dia ele chegou do plantão eu estava deitada já era noite ele veio passando a mão em mim eu pedi pra ele parar ele me perguntou se eu tinha outro porquê se eu não queria mais transar com ele era porque eu estava com outro, eu acabei pegando minhas roupas e fui pra casa da minha mãe, fiquei uns dias com meus pais até que ele, um dia, foi atrás de mim na faculdade disse que estava arrependido e que ele ira mudar me pediu perdão eu perdoei, mas ele não mudou, e teve um dia em que eu acabei com tudo e terminei com ele pois eu já não aguentava mais sofrer, minha família me pressionava a terminar, não existiu uma violência física por parte dele mas houve psicológica, ele se transformou, o homem pelo qual eu me apaixonei já não existia o que eu enxergava era esse prepotente e arrogante, hoje eu me sinto um trapo de pessoa, perdi as esperanças mas infelizmente esse amor ainda vive em mim, mas vem um misto de ódio também, pois após a gente se separar eu descobri uma gravidez, fiquei sem chão eu tinha me separado dele à duas semanas, mas infelizmente eu perdi meu bebê de 7 semanas tive um aborto espontâneo, eu ainda estou casada com ele no cartório mas o processo de divorcio está correndo, ele quer voltar mas eu não consigo porque ele dizia que ia mudar e não mudava.

Eu ainda amo não vou mentir, mas não quero mais e também quero ficar sozinha, mas não esqueço do meu bebe que crescia em mim, fiz a curetagem e hoje me recupero desse abalo psicológico na minha vida, ele não sabe e também não vale a pena eu dizer, eu não estou mentindo infelizmente essa é minha historia, mas eu não consigo esquecer o homem que marcou minha vida!

 

Reportar

Deixe um comentário

9 Comentários em "Nunca, nunca mais quero amar"

Notificar-me sobre
avatar
4000
Membro

Acredito que se voltar com ele vc vai sofrer mais um bocado!!

Cantarele Lira
Visitante

Pois bem, sei o quanto é difícil a questão dos relacionamentos…
Imagino a infelicidade que você passa e sei que dói muito ver as mudanças acontecerem sem poder fazer nada, só que aí está o nosso problema – É querer que as pessoas mudem por causa da gente, querer que elas sem encaixem nos nossos sonhos. Independente do relacionamento essa questão sempre será um peso ou uma incerteza; infelizmente o tempo muda as pessoas para melhor ou para pior e cabe a cada um de nós ver se vale realmente segurar as pontas e superar ou simplesmente deixar com que a outra pessoa siga sua vida normalmente.
Houve uma época que eu sofri muito por uma pessoa com quem me relacionei e no fim eu percebi o quão estúpido eu era por sofrer, simplesmente pelo fato das coisas terem mudado.
Parece um pouco egoísta o que eu vou dizer agora mas o meu coração e meus sentimentos tem pertencido somente a mim desde então. Aprendi a ter mais amor próprio e não depender da mudança ou das circunstâncias que a vida me traz. Se sentir mal por causa desse tipo de questão é boicotar a aproximação de outras pessoas e novas experiências que possam lhe fazer tão bem quanto um relacionamento que não deu certo.
Fica aqui uma dica para você, e sei que as pessoas marcam a vida da gente, só que uma marca é somente uma marca e isso não pode ter domínio sobre você até porque tudo na vida passa, inclusive o tempo que você está perdendo sofrendo.
Só cabe a você agora avaliar se vale a pena passar por cima das mudanças do rapaz que você tanto ama ou simplesmente deixar com que a vida siga e que você venha provar outros sabores e amores e utilizar o que vivenciou como aprendizagem.
Agora é contigo.

Boa sorte.

Membro

NÃO DEIXE QUE O SEU PASSADO VENHA INTERROMPER O PRESENTE E O FUTURO, SE O SEU PROCESSO DE DIVÓRCIO JÁ ESTÁ CORRENDO E VOCÊ VÊ QUE NÃO VALE MAIS A PENA, SE SEPARE, AFINAL DE CONTAS O AMOR É BONDOSO, VERDADEIRO COMO DIZ NA BÍBLIA, E NÃO MUDA…..PENSE E FAÇA OUTRAS COISAS LEGAIS E SIMPLES DA VIDA, NÃO FIQUE PRESA EM ALGO QUE DEU ERRADO, SE AME ,SE VALORIZE, NÃO SE SINTA INSEGURA…….E NO FINAL TUDO VAI DAR CERTO…FÉ EM DEUS

iludida
Visitante

Obrigada pelas palavras confortantes, bem isso amor é verdadeiro e bondoso acho que no meu casamento não existiu, pela parte dele…

Jr
Membro

Debora eu sinto muito por tudo que lhe aconteceu! Eu passei por situação semelhante também, tive de terminar com a minha ex, com meu grande amor, devido a rispidez e grosserias dela, eu vivi um sonho também, mas tudo se acabou. Tente ser forte, lutar pela vida, fazer o que gosta, procure um psicologo também porque voce passou por traumas pesados e alguns problemas nao resolvemos sozinhos…Sei como é isso do amor que nao passa de uma hora para outra, é dificil mesmo, mas nao o procure, descarte tudo que tem em sua casa que faça lembrar dele e evite falar disso para as pessoas do seu circulo de amizade. Espero que tudo fique bem…um abraço Debora

iludida
Visitante

você e eu passamos realmente quase pelas mesmas coisas agora que me toquei eu tinha comentado seu post rs pelo seu post eu tomei coragem e contei a minha historia.

iludida
Visitante

obrigada, você está certo, eu ja me desfiz de fotos, lembranças enfim mas ainda existe as piores lembranças as que ficaram no meu coração sabe,um abraço pra você também

Thiagotorresbr
Visitante

Bem, pelo seu relato parece que você também mudou com ele. E relacionamento sem confiança está fadado ao fracasso.

iludida
Visitante

sim realmente, mas eu não fui possessiva, mas nada justificava as grosserias e as rispidez da parte dele.

wpDiscuz