Me sinto nojenta, mas não consigo abandonar a masturbação

Quero parar com essa prática mas é muito, muito difícil. Me sinto muito mal toda vez que acontece. Oro e peço perdão a Deus. Passo muito tempo sem isso, até meses sem esse ato, mas acaba chegando o dia em que eu caio novamente. Me sinto nojenta depois, quando penso nisso sinto vergonha de mim mesma, me sinto fraca por não conseguir me controlar, não quero isso em minha vida, mas depois de um tempo sempre acabo fazendo de novo. Na hora não penso nas consequências, não penso na culpa que sentirei depois, só penso em satisfazer aquela vontade, pq é um impulso muito forte, eu tento resistir mas não consigo, penso em ter aquela sensação de prazer e acabo fazendo, e logo depois que acontece, já me sinto culpada.

Quero um dia poder me orgulhar de ter vencido essa prática, mas sozinha simplesmente não consigo. É mais forte do que eu. Peço perdão a Deus toda vez, mas me sinto até indigna de pedir perdão, pois já sei que vou orar, vou pedir perdão, vou me arrepender, mas tempos depois talvez dias, semanas, provavelmente meses depois, vou estar fazendo de novo.

Peço que orem por mim. Alguém aqui já conseguiu vencer esse problema?

 

Reportar

Deixe um comentário

9 Comentários em "Me sinto nojenta, mas não consigo abandonar a masturbação"

Notificar-me sobre
avatar
4000
iluminado
Visitante

Não há como se livrar de algo instintivo, criado justamente por Deus. Ele não irá te ouvir pois pedir para parar de sentir desejo é o mesmo que pedir para não sentir mais fome, sede, sono; é o mesmo que pedir para os rins pararem de funcionar para vc não urinar mais. Entende como masturbação faz parte da natureza ? Não só do ser humano, mas entre vários animais também. Não coloque religião acima de tudo que isso irá te afetar de uma maneira ruim.

no names
Membro

Eu faço isso mas é so de vez em quando…
Ja to com quase 3 meses sem fazer…

Thiago
Visitante

Também sou assim, não posso ficar sozinho em casa que essa maldade vem na minha cabeça. Mas já tem 1 dia que eu não faço.

Membro
Leonardo Silveira Gomes

Tenho esse problema tbm , to tentando parar .

floribela
Visitante

Eu venci isso e te digo que hoje sou uma nova pessoa e nem parece que isso fez parte do meu passado. Sao correntes espirituais que amarram alguem que deu brecha entao so com libertaçao voce sera livre. Fuja do mal, bloqueie sites de pornografia, evite ficar muito tempo desocupada e com “a mente vazia” (ja dizia o ditado que mente vazia é oficina do diabo).; e no lugar desses pensamentos ore, louve a Deus e jejue. E algo muito importante: clame o nome de Jesus. Jesus é o nome sobre todo o nome no céu e na terra porque Ele venceu a morte e o pecado e Ele levou todo o mal, maldiçoes e pecados na cruz. Nao ha pecado que Ele nao possa perdoar. Mas voce precisa se arrepender de coraçao e a maior prova do arrependimento é a mudança de atitude. Nao desista de ser liberta e da sua salvaçao. Jesus te ama e tem um plano para a sua vida e se voce permitir esse plano se cumprira.

Membro
luuh eduardo Animes

por incrivel que pareça eu consegui me livrar desse problema a masturbação coloquei na cabeça que isso não me fazia bem e eu iria parar estou aqui firme e forte graças a Deus dá uma vontade as vezes mas falo pra mim mesmo que nunca mais farei isso porque além de me prejudicar eu estava vendo as mulheres como um objeto tem vez que vem imagens ainda dos videos que assistia mas logo esqueço e sigo enfrente ,olha moça tenha mais vontade que vc saira dessa não desanime eu consegui vc também vai

Luis
Visitante

Que Deus nos perdoe e abençoe já extou de abstinência a 1 semana amse Deus quiser ficarei mais uma sem mexer o membro tendando desintoxicar a minha mente d tanta putaria.força nunca desista tamos na luta.

Mordecai
Membro

Cuidado para a religião não fazer uma lavagem cerebral em você. Não vejo problema em se masturbar e se sentir “nojenta” por isso é o fim da picada.

Thiagotorresbrpontocom
Visitante
Thiagotorresbrpontocom

Bem, se você quiser realmente parar, deve fugir de todo e qualquer estímulo que a leve a esse ato (“… Abstende-vos de toda a aparência do mal.”).
E se ainda assim o impulso vier, saia do ambiente onde você estiver e ocupe sua mente com alguma outra coisa. É possível sim.

wpDiscuz