Nem eu consigo me entender, devo ser depressivo

Bom sou um jovem de 20 anos. E como qualquer outro, gosto de sair e me divertir, mas nem sempre, eu sou uma pessoa muito bipolar e as vezes nem eu consigo entender o que acontece comigo. Tem horas que eu to feliz mas tem outras que estou triste e isolado e me sinto solitário, meus dias se passam em casa sem sair nem ver a luz do sol, eu acordo umas nove a dez horas da manha, levanto faço minha cama, faço minha merenda e vou ao computador, pego o celular e mando mensagem pra minha ”amiga”, e é aí que entra toda a historia, pois eu tenho três pessoas na minha vida, irei chama-las de A, B e C.

Minha pessoa A, é uma amiga de velha data estudamos juntos não éramos tão próximos, mas sempre nos falávamos até pelo fato de morarmos perto um do outro, e eu sempre gostei dela mas nunca como amiga sempre como algo a mais, e como sempre fui tímido tinha medo de falar isso a ela e acabar sendo rejeitado, com passar dos anos eu me tornei uma pessoa extremamente fria e namoros e relacionamentos temporários já não me faziam sentir nada, então no começo do ano eu comecei a namorar sério com uma garota, não foi bem do jeito certo mas tava indo bem até começarmos a entrar em conflitos, e acabamos que terminando, e essa minha pessoa A apareceu e me ajudou pois ela tava passando quase que a mesma coisa.

Então eu conversei com ela e acabei dizendo a ela o quanto eu gostava dela, mas nesse meio tempo eu vi que já estávamos criando um vinculo de amizade, não como antes, mas uma amizade mesmo, e isso me destruiu pois eu me iludi achei que poderia começar a namorar com ela e esquecer esse erro cometido, pois ela é tudo aquilo que eu queria que minha namorada fosse, ela me entende, ela sai comigo pras festas, gosta de beber e se divertir e quando estou com ela eu me sinto confortável, damos boas risadas juntos mas toda vez que olho seu rosto eu imagino como seria namorar com ela, participar da vida dela e ela da minha e fazer tudo aquilo que namorados fariam, mas depois eu acordo e lembro que a única coisa que seremos é amigos.

A pessoa B eu a conheci em um acampamento católico, como não podíamos conversar ou ficar lá naquele lugar eu decidi conhece-la antes pra depois, quem sabe, quando tudo terminasse e voltássemos poderíamos ter algo, e foi o que eu fiz e estava indo tudo bem, mas do nada aconteceram varias coisas e ela sumiu não responde as minhas mensagens não quer conversar, não atende as ligações e quando vou procura-la ela não está, isso foi meio que destruindo minhas esperanças pois eu não sei o que está acontecendo e eu queria ajuda-la mas não posso, não sem antes saber o que se passa, nos damos bem gostamos das mesmas coisas, conversamos sobre tudo, sei bem mais dela do que ela sabe de mim, mas sempre que ela me pergunta algo eu sou muito sincero com ela, pelo menos era, agora não conversamos mais. E isso ta me deixando maluco por que eu sinto algo por ela algo que eu estava construindo junto com ela pois ela me disse que também tava gostando de estar comigo e se sentia bem quando falava comigo mas de repente isso tudo acabou.

E por ultimo a pessoa C, a mais complicada, essa pessoa é a mais importante e vou do começo… essa pessoa ela é irmã de uma amiga minha uma das melhores amigas, nos conhecemos por acaso quando estava namorando a garota x do relacionamento que deu errado citado mais acima… Bom ela tem uma filha, é uma criança muito boa eu a amo muito a vi nascer, compartilhei seus momentos andando e tudo mais, e a gente se entrosou ganhamos intimidade falávamos besteira trocávamos fotos, mas aconteceu o que todo mundo não deseja acontecer, os pais dela viram a conversa e eles sabiam que eu ainda era comprometido e acabaram falando coisas pra ela que fez ela mudar o pensamento a meu respeito, pois eles não sabiam de nada e falaram sem pensar, e ela parou de conversar e mudou drasticamente comigo e então ela começou a namorar um cara e ela me disse que não queria mais nada, ela chegou ao ponto de dizer que me amava e que queria ficar comigo e quando deixei minha namorada ela me trocou, e isso me machucou, não tanto como era pra ser mas doeu um pouco, entendi e deixei de lado parei de mandar mensagem não a respondia, até que um dia ela me disse que eles tinham terminado porque a irmã dela, a minha melhor amiga, tinha ficado com esse cara e ela descobriu e terminaram, e como eu a amava já tinha criando um vinculo tão forte com ela, ignorei tudo isso e pedi pra ela ficar comigo, só que dessa vez se não fosse pra ficar eu partiria e que ela jamais iria saber de mim outra vez, mas ela não me deu nenhuma resposta, a gente conversa todos os dias é como se eu sentisse que ela não quer isso eu já não sei mais o que fazer, a minha depressão só aumenta os meus outros problemas só aumentam e eu fico perdido na madrugada sem saber o que fazer!

 

Reportar

Deixe um comentário

3 Comentários em "Nem eu consigo me entender, devo ser depressivo"

Notificar-me sobre
avatar
4000
Thiagotorresbr
Visitante

Não me parece ser um caso clínico de bipolaridade. Como foi mencionado em outro comentário, o motivo de suas angústias é a necessidade de ter alguém. Você teve três pessoas e, ao mesmo tempo, teve nenhuma.

Primeiro você precisa aprender a estar confortável estando só. Depois você vai se sair bem estando acompanhado.

Mulheres têm um sexto sentido absurdo para questões sociais. Elas conseguem detectar em pouquíssimo tempo um cara carente e que potencialmente vai ser um chiclete.
Quando se está disponível demais as pessoas não te valorizam. Seja por gostarem inconsciente ou conscientemente de um desafio, ou então por acharem que pelo fato de você ter tanto tempo livre para elas você não tem nada de interessante para fazer. Tem nada acontecendo na sua vida.

Não estou dizendo que você deve fazer aquele joguinho imbecil que está na moda hoje em dia: o “jogo” do quem demonstra mais desinteresse pelo outro. Ainda que estejam com muita vontade de conversar um com o outro, fingem não estar.
Não é isso que quero dizer. E sim, para que você se ocupe, investindo seu tempo em coisas construtivas. Aumente seu conhecimento lendo sobre assuntos variados, estude, ocupe sua mente. Aprenda coisas novas. Ficando ocupado, inevitavelmente, você ficará menos disponível. Mas não propositalmente fazendo o joguinho do desinteresse. Mas sim, por estar investindo em você mesmo.

Fazendo isso, além de se afastar um pouco, dando espaço para que seja lembrado e sintam sua falta, você também irá se tornar uma pessoa mais interessante – uma vez que irá ter mais conhecimento para compartilhar com as pessoas em suas futuras interações.

Todos, sejam homens e, principalmente, mulheres, gostamos de pessoas que tenham o que acrescentar à nossa vida. Seja com conhecimento, seja com momentos de diversão, etc.

Mordecai
Membro

Manda essas três se f…… “A” quer deixar você só na friendzone, como um amigo gay. “B” não gosta de você. “C” pode até gostar mas é muito influenciável, ou seja, não vira também. Continua tentando as outras letras do alfabeto. E aprenda: bonzinho só se f….

Hypno
Visitante

Não estou aqui para te dar um manual de regras a serem seguidas, mas sugiro que leia atentamente o texto que publicou, você verá que o que pode estar causando esse sentimento de angústia em você é sua dependência dos outros, e isso minou sua auto estima, pode ser carência. A verdade é que nos humanos somos dependentes da atenção e carinho dos outros, é um mecanismo de sobrevivência, se fôssemos apáticos a nossa espécie não existiríamos mais. Rapaz você está muito confuso, seria bom para sua auto estima tentar se valorizar mais, dar um tempo a você, deixar as pessoas viverem a vida delas e você viver a sua, buscar as causas de voce se sentir tão dependente dos outros e sentir tanta necessidade de ter uma companheira, as vezes pode ser que não valorize suas qualidades e busque coisas nos outros, pode ser que se sinta inseguro com seu corpo, ou com outros fatores da sua vida, se for o caso busque coisas que balanceiam isso, fazer academia, procurar amizades desinteressadas e verdadeiras, cuidar da aparência, ler um livro meditar, se ainda assim essa angústia persistir pode buscar ajuda profissional de um psicólogo, caso não tenha dinheiro, muitas ONGs tem psicólogos que fazem trabalho comunitário, os bons psicólogos. Desejo o melhor, espero ter ajudado em algo, abraços.

wpDiscuz