Um mundo sem ninguém

Bem antes de mais nada gostaria de deixar claro que amo meus pais e irmão, e eles me amam… porém, amam a um certo nível……
Meus pais nunca tiveram olhos para quem eu sou, quais meus gostos, minhas preferências e hábitos, embora me amem e vice versa, cada um tem um motivo para me odiar…
Sou um ateu, bissexual, e amante das artes, pinturas, poemas, boa musica, artes marciais, tudo… sempre tenho fome de saber e conhecer cada vez mais e explorar o mundo ao meu redor e além do meu redor… Mas para minha família sou uma abominação.
Minha mãe tem síndrome do pânico, até depende de remédios, e jornais sensacionalistas fizeram a cabeça dela, eu os odeio demais, logo, ela faz de tudo para me prender, e pra piorar,não me conhece. Nunca fez questão de me conhecer, para ela sou uma criança,católica e muito bem satisfeito com um mundinho isolado de 100m quadrados, sempre faz de tudo para me sufocar com esses ideias, e se eu questionar isso leva ao segundo indivíduo….
Meu pai é um homem mais baixo que eu, porem mais forte, tanto que ele quebrou o pescoço de um touro com as mãos, normalmente é um homem pacífico e gentil, mas quando bebe logo se torna agressivo e direciona toda sua frustração em mim, desde que perdeu o emprego ele sempre atropela a todos pelo caminho, e pra piorar ele pensa que meus primos marginais, que são de má índole, são o ideal masculino de filho perfeito, e logo, me odeia com todas as forças por ser muito mais que isso.
Eu sou eu, eles não conseguem ver que sou superior a todas as expectativas, por cuja deles perdi tudo, namorada, amigos, trabalho, colégio…..
Eu revidaria, mas sempre que são questionados agem com violência e se fazem de vitimas… estou com medo deles, realmente, e para todos que conto é difícil acreditarem em mim… como se o mundo que tanto amei se torna-se um fosso… onde não há ninguém além dos espinhos de suas paredes….

 

Reportar

Deixe um comentário

7 Comentários em "Um mundo sem ninguém"

Notificar-me sobre
avatar
4000
nathalia
Membro

Olha na boAaa! A vida de ngm é perfeita.
Em casa, dentro da nossa casa a gente sofre, mas o mundo as pessoas são mil vezes pior!
Começa a ver algo de positivo, vc tem q fazer a sua vida.
A minha vida nunca foi fácil, meus pais eram usuários de drogas, me abandonou pequena, nunca tive reconhecimento de ngm, sofri pakas cada ano morando na casa de um familiar.
Mas eu fiz a minha vida! E hj eu vejo que tudo q passei foi bom pra me tornar forte, e grata a Deus eu aceitei a minha vida fiz a minha própria caminhada se eu fosse olhar pra minha família,.para os problemas do meus pais eu estaria num vício ou já teria me matado. Mas eu resolvi vestir a força, e a gratidão pela vida. E hj tenho minha própria vida !
Acorda p vida e faça sua história.
Embora a vida seja complicada ela só piora se a gente quiser

Viu
Visitante

Digo por experiencia q seus pais podem ter transtorno de personalidade narcisista. Ja leu sobre?

Membro

Você deve seguir um foco em sua vida,e não parar para oque os outros pensam,não negar completamente as opiniões alheias mas sim cortar o inútil e manter o necessário.Sugiro que mesmo sendo ateu,tente ser mente-aberta às ideias de sua família,mas nunca sobrepondo o seu ponto de vista.

O seu pai deve beber para de alguma forma afogar seus problemas,sendo a pior maneira para isso,eu tinha um da mesma forma,mas não tinha a mínima ideia dos quais problemas ele enfrentava,em dias de semana,quando poucas vezes interagia com ele (ele ficava muito tempo no trabalho ou em farras) era uma pessoa extrovertida,porém quando bebia se transformava em um demônio,chegando a ameaçar minha mãe com uma arma.

Me considero um agnóstico,e minha mãe também é conservadora,além de ser sempre pescada por notícias sensacionalistas.Na verdade eu tento sempre me desviar de assuntos que poderiam gerar conflitos,porém no seu caso,não vale apena expor sua opinião de uma forma contundente,uma rebatida da sua parte só geraria mais desavenças com sua família,piorando ainda mais sua situação,a partir de agora,só faça coisas dedicadas a você,e não deixe que a percepção de ”filho/homem ideal” de seu pai lhe influencie.

Membro

mano estou com problemas de família também, moro com minha vó,mãe e irmã, mas a única pessoa que eu sei que sente algo por mim é minha mãe, mas ela é muito influenciada pela cabeça das outras duas, eu sou usuário de uma planta e como elas são extremamente conservadoras e religiosas pois minha mãe e irmã são crentes, não aceitam que eu faça uso de tal substancia, e nem de outras como alcool, mas as 3 ja foram do mundo por muito tempo e faziam a farra. Nesse momento estou sem saber o que fazer e nem em que segurar, não tenho muita fé em Deus, pois ao meu ver ele é um egoísta que só pensa nele, e minha mãe diz que ele mostrou pra ela os indicios que eu estava usando a planta mas sei que foi minha vó, que achou vestigios em minha carteira (sim ela é curiosa e mexe nas coisas dos outros). Bom minha mãe me deu duas escolhas, ou eu vou pra uma clinica de reabilitação ou vou embora de casa e eu não sei o que fazer pois não tenho pra onde ir e não quero ser internado por que não sigo os padrões desgraçados que a sociedade impõe, além que minha irmã deu a ideia de me monitorar 100% ou seja desativei meu facebook, não posso conversar com ngm em nenhuma outra rede social pois estão logadas no celular dela e me obrigaram a me afastar de todos os meus amigos.Talvez nossas histórias não sejam idênticas mas sei que o sentimento é parecido (de injustiça, ódio e revolta). Bom espero que as coisas deem certo pra você amigo.

Mordecai
Membro

Cria juízo, seu maconheiro. Esse negócio de “sociedade impõe” é coisa de gente desocupada. Vá arrumar o que fazer e não espere receber tudo de mão beijada.

Mordecai
Membro

Mais um adolescente “incompreendido”. Isso passa com a idade.

Lorenzo
Visitante

sedo ou tarde vais se sentir obrigado a sair da casa dos seus pais para recomeçar a sua vida visto que não ha clima nenhum e nem harmonia no convívio a sua mãe é instável e seu pai joga a culpa nos outros.

wpDiscuz