Quem vê cara, não sabe o que se passa por dentro

Bom, tenho 27 anos, biomédico, professor de Jiu Jitsu mas a tempos não puxo um treino, e agora estudante de medicina.

Cresci com muita coisa boa ao meu alcance, as melhores escolas, com 13 anos de idade já era fluente em dois idiomas além do português, as melhores roupas, tudo ao meu alcance.

Mas a verdade é que mesmo tendo conquistado coisas que muita gente não conseguiu, mas por motivos diversos a vida deixou de ter sabor pra mim.

Tudo bem, passei por muita coisa ruim nessa vida também, na verdade porque tudo em minha vida tive que fazer por obrigação, e sempre tive que passar por cima de tudo, na escola por ter sempre sido tratado como aberração por ser diferente do padrão de beleza considerado normal, considerado burro por muitos, subestimado por todos, sempre tive que peitar, sem reclamar mesmo diante das injustiças, de igual forma no trabalho e na vida em sociedade.

Eu sempre fui bem exigido em tudo que tive que fazer, minha mãe sempre depositou em mim todas as expectativas, ela queria que eu fosse um grande homem e agora nessa altura da vida enxerguei que não passo de lixo, não consegui fazer jus às expectativas da minha mãe e da maioria das pessoas que acreditaram em mim.

Vários dos meus conhecidos e colegas de infância se tornaram pessoas de sucesso com pouca idade, eu não cheguei a lugar nenhum e pode ser que não chegue.

Não sou de conversar com ninguém, não porque seja tímido ou algo do tipo, as vezes fico tempos sem falar nem mesmo com minha mãe, sumo e fico dias isolado, simplesmente porque não tenho mais vontade nem de ver a luz do sol.

Quem vê cara realmente não vê coração, percebo muita gente olhando pra mim com a crença no olhar como se eu fosse uma pessoa excepcional, como se eu fosse algo muito positivo, se eles soubessem a destruição que eu tô por dentro.

Na verdade tomei um cheque-mate da vida, nasci sem pedir e vivo sem querer, é assim que me arrasto, dia após dia.

 

 

Reportar

Deixe um comentário

6 Comentários em "Quem vê cara, não sabe o que se passa por dentro"

Notificar-me sobre
avatar
4000
Phillip
Visitante

Cara, não quero te julgar. Acredito que seu problema te atingiu em cheio. Procure ajuda meu irmão! Não se feche pra vida! Todos têm problemas…por mais que suas vidas pareçam perfeitas!

Boa sorte, cara!

Donna
Visitante

Moço, vc conquistou coisas de fora. Coisas q os outros dizem q eh bom. Mas esqueceu de buscar a realizacao interior. Engracado q eu fiz o caminho oposto, larguei faculdade, e toda a vidinha q queriam q eu tivesse. Nao me importo. Me encontrei puxando peso. Amo puxar peso. Emprego aparece, nao precisa ser o melhor. Minha vida nao é medida pela conta bancaria. Falo outras linguas tambem. Sinceramente, ainda é tempo de vc sair desta escravidao em q vivia a branca de neve, adentrar a floresta escura e chuvosa, educar seus anões dentro de vc pq é o q eles querem, para ajudarem a te levar à verdadeira realizacao q nao é mostrada em “fei c buk” e “ins ta grã”… e sim na sua felicidade interior. Para vc enfim sentir-se coroado. Se quiser conversar manda email

Lelis
Visitante

Acredito que o certo seria recorrer a um profissional da área. Além disso,acho que você deveria parar de tentar ser a pessoa que os outros desejam , busque seus sonhos por mais loucos que sejam – afinal ninguém é totalmente certo .

Jaqueline
Visitante

Procure ajuda você pode estar com depressão. Se precisar conversar conte comigo. Deus te abençoe.

Thiagotorresbr
Visitante

“Vários dos meus conhecidos e colegas de infância se tornaram pessoas de sucesso com pouca idade, eu não cheguei a lugar nenhum e pode ser que não chegue.”

Essa frase sintetiza bem o que os jovens pensam hoje em dia. Com o advento das redes sociais, principalmente, as pessoas criaram o hábito maléfico de comparar suas vidas às das outras pessoas. O problema não é a comparação em si mas sim o que vem com ela – a tristeza e inconformação de não ter atingido objetivos semelhantes no mesmo período de tempo.
Caros, nós somos diferentes uns dos outros. Temos tempos diferentes. Algumas pessoas são mais precoces. Isso é perceptível desde os primeiros anos na escola, onde alguns aprendem mais rápido que outros. Voltando ainda mais, podemos notar essa diferença no tempo de cada um quando crianças estão aprendendo a andar. Umas demoram um pouco mais que outras. No aprendizado da fala também. Só para citar alguns exemplos.

A questão da comparação ser tóxica é que ela nunca é feita para baixo, e sim, sempre para cima. Dificilmente comparamos nossa situação à de alguém que esteja pior que nós. Sempre olhamos para os que estão melhores.
Saibam que muitas dessas pessoas que se mostram felizes e realizadas, principalmente nas redes sociais, na realidade têm vidas que nada são parecidas àquilo que vemos.
Comecem a focar em vocês mesmos. Estejam determinados a alcançar seus objetivos. Lutem por eles.

Quanto a você autor do relato. 27 anos é um terço da sua vida. Você tem mais dois para ser um médico. E um médico de sucesso. Nossa sociedade está doente. Pense que você poderá ajudar a amenizar um pouco dessa morbidez. Esqueça as comparações. As coisas acontecem em momentos diferentes para cada pessoa. Não se desespere. Nem se desanime.
Grande abraço.

Membro

Eu acho que tu ta com depressão ou algo do tipo. Procura ajuda de algum psicólogo.

wpDiscuz